google_adwords

 

A divulgação de produtos ou serviços através do Google Adwords pode ser feita de diferentes maneiras.   A primeira delas e a que provavelmente trará maior retorno, na maioria dos casos, é a rede de pesquisa do Google.  Através da rede de pesquisa, internautas interessados em determinados temas, digitam palavras-chaves no buscador e anúncios relacionados a essas palavras chaves são exibidos.   O anunciante então só é cobrado quando o anúncio é clicado.  Esse fator de cobrança tem um aspecto positivo e outro negativo.  O ponto positivo é que o Google não cobrará por impressões que não geram tráfego para o site do anunciante (seja esse tráfego qualificado ou não), porém, muitos anunciantes cometem o erro de considerar apenas os cliques como principal métrica de sucesso da campanha.   Isso é um problema por que o retorno tende a ser menor se o anunciante levar muito tráfego para o site, mas de usuários que não possuem real interesse na oferta anunciada.  Se você é um anunciante do Google Adwords e não conta com o suporte de uma agência de marketing digital, selecionamos algumas dicas para você potencializar o retorno sobre o seu investimento.

Instale o analisador de conversões do Google
Um dos recursos mais importantes para a medição do desempenho da campanha é o analisador de conversões.   Com ele é possível mensurar quais palavras estão gerando maior retorno na campanha.   Por exemplo, em uma campanha com 3 palavras: casa, casa decorada e casa colorida.   Onde a intenção é vender “casas decoradas”, o retorno obtido pode ser:

casa | 10 cliques
casa decorada | 5 cliques
casa colorida | 1 cliques

Qual das palavras acima teve o melhor desempenho?   Apesar de a palavra casa ter obtido 10 cliques, não necessariamente trouxe o maior retorno.  O analisador de conversão então permite dar a seguinte visibilidade:

casa | 10 cliques | 1 conversão
casa decorada | 5 cliques | 5 conversões
casa colorida | 1 cliques | 0 conversões

No cenário acima, dos 5 potenciais clientes que entraram no site através da pesquisa pela palavra “casa decorada”, todos pediram um orçamento ou fizeram o pedido de compra. Isso por que o analisador de conversão é definido dentro de uma página importante como um formulário de pedido de orçamento ou página de confirmação de compra.

Ainda que adicionemos os custos do clique, teríamos o seguinte cenário:

casa | 10 cliques | 1 conversão | R$ 10,00 (custo do clique R$ 1,00)
casa decorada | 5 cliques | 5 conversões | R$ 8,00 (custo do clique R$ 1,60)
casa colorida | 1 clique | 0 conversões | R$ 0,50 (custo do clique R$ 0,50)

Ou seja, mesmo a palavra “casa decorada” custando mais caro, ela traz retorno “mais em conta” do que as demais. A aquisição de um novo interessado, que efetivamente preencheu um formulário de contato, solicitando mais informações, teve um custo de R$ 8,00.  Já para a palavra “casa” o custo de aquisição de um novo interessado foi de R$ 10,00.  E para “casa colorida” não houve nenhum retorno.

Diversas contas do Google Adwords, geridas por empresas de pequeno porte ou profissionais liberais estão configuradas com lances automáticos do próprio Google, sem qualquer análise de quais palavras realmente trazem retorno.  Como consequência o orçamento é desperdiçado, visitas não qualificadas são direcionadas ao site do anunciante e em muitos casos até existem pedidos de orçamento em sites de serviços, por exemplo, mas solicitados por pessoas fora do perfil desejado pelo anunciante.   É o clássico caso de pessoas procurando vagas de emprego, ao invés de solicitar de fato um orçamento.

Trabalhe a correspondência de palavras-chave:
Uma forma de economizar os custos, aumentar a qualidade da campanha e potencializar o retorno, através do aumento da relevância do anúncio é através da correspondência de palavras-chaves.

Imagine que seu objetivo é captar pessoas interessadas em “alugar casas de 3 dormitórios em São Paulo”.  Se em sua relação de palavras chaves houver apenas palavras muito genéricas como por exemplo: casa ou casas, seu anúncio pode ser exibido não apenas para pessoas interessadas em casas de 3 dormitórios, mas também interessadas em 2 dormitórios, 1 dormitório ou até mesmo fora de São Paulo.  Pode inclusive atrair visitas de pessoas interessadas em decorar casas ou qualquer outra coisa relacionada com o termo.     É um equívoco acreditar que quanto mais visitas melhor.  É mais econômico e mais rentável ser relevante e atrair visitas de pessoas realmente interessadas em sua oferta.

Evite termos genéricos.  Utilize sempre pelo menos 2 palavras, por exemplo “alugar casas”, ao invés de apenas “alugar”, ou “casas”, isoladamente.   Outro ponto importante são os tipos de correspondências de palavras.   O Google permite o uso de “” (aspas) e [] (colchetes).  As aspas são chamadas de correspondência de frase e podem ser utilizadas para os casos em que você queira deixar o seu termo mais específico.  Ao utilizar as aspas, o Google pode acionar seu anúncio apenas se o usuário digitar todas as palavras contidas dentro das aspas.  Por exemplo, se for digitado: aluguel de casa de 3 dormitórios e tiver cadastrado no Adwords “casa de 3 dormitórios”, o anúncio pode ser exibido.   Já para os casos em que há o colchetes o Google trata como uma correspondência exata.  Ou seja, o usuário precisa digitar exatamente o termo cadastrado no Adwords para visualizar o seu anúncio.

Analise a posição média no leilão:
A posição média no leilão indica a o desempenho da palavra-chave frente à concorrência para o mesmo termo.   Quanto mais próximo de 1 (um) melhor a posição.   Para a maioria das estratégias de otimização de conta é recomendável realizar monitoramento constante a fim de não permitir que as palavras fiquem muito abaixo de 3.    Assim como a 1.a posição não necessariamente é a que vai trazer o maior retorno ao anunciante.  Em combinação com o analisador de conversão deve-se realizar um monitoramento para verificar se a 1.a posição não está custando muito caro versus o retorno em conversões.

Verifique regularmente o índice de qualidade:
A análise dessa coluna é importante, pois quanto maior o índice de qualidade, menor é o custo para se manter a posição no leilão.  O Google beneficia as palavras com maior índice de qualidade, com diversos critérios, como por exemplo: Qualidade do URL de destino, Qualidade do anúncio e CTR (quantidade de cliques no anúncio).  A combinação desses 3 fatores indica a relevância dos termos buscado versus o anúncio exibido.  Considere remover de sua campanha palavras com índice de qualidade inferior a 3/10.  Essas palavras podem estar custando muito caro e gerando poucas conversões. Nem todas as colunas na página de administração do Google são ligadas por padrão.   Você deverá selecionar as colunas relevantes para sua gestão manualmente.

Instale e aplique o Re-marketing:
Sabe quando você entra em um site, não compra nada e depois de sair dele e entrar em outros sites, a publicidade do produto que você estava pesquisando começa a persegui-lo e em algum momento o faz mudar de ideia a respeito da decisão de compra ?    Pois bem, essa é a publicidade “re-marketing”.    Em alguns casos esse tipo de abordagem pode se tornar excessivo, porém, é possível obter bom retorno e sem ser abusivo, configurando adequadamente a frequência que o anuncio será exibido para cada usuário.   Uma das principais vantagens do re-marketing é o valor do CPC.  Geralmente muito inferior ao valor do CPC da rede de pesquisa.

Determine a segmentação de sua campanha:  
A segmentação do Google Adwords ajuda a potencializar o retorno excluindo a exibição do anúncio para regiões sem relevância e/ou baixo retorno.   Se você vende apenas para São Paulo, não faz sentido divulgar sua oferta para todo o Brasil, certo ?

Faça divulgação no Gmail
Há alguns anos o Google possibilitou a criação de anúncios no Gmail.   Os anúncios são exibidos de acordo com o assunto e contexto dos e-mails recebidos por uma determinada conta de e-mail.
Este tipo de publicidade tende a ser mais útil para campanhas de Branding, do que para campanhas focadas em conversões, isso por que, apensar de os anúncios serem exibidos com base na relevância e contexto, os usuários que estão navegando em seus e-mails não esperam serem impactados por publicidade, diferentemente de um usuário, dentro do Google Shopping, realizando a busca por um produto pelo qual já tem interesse.

Verifique se sua conta no Google Adwords possui implementados os pontos tratados nesse artigo.  Fique ligado em nosso Blog pois traremos mais dicas de otimização para você melhorar seus resultados com o Google Adwords.

Por hoje é só!
Até a próxima;)