design2015

 

Os detalhes visuais do seu no projeto web continuam sendo importantes, porém, você também precisa considerar o fato
de que, se as pessoas não conseguem encontrá-lo através dos mecanismos de busca, ou compreender facilmente
o conteúdo que você quer transmitir, não importa o quão bonito é o seu site.

Cada vez mais concluimos que o conteúdo deve vir primeiro e em segundo o design. O planejamento de reformulação de um site deve incluir uma reflexão sobre SEO desde o começo. Isso significa que por mais incrível que um novo design possa parecer, se não for possível aplicar o conteúdo de forma facilmente digerível é preferível abrir mão do design.   Com isso em mente, você poderá assegurar que o novo site realmente irá se conectar com o que sua audiência está procurando.

Documente seus números atuais
Documente o número de visitantes, palavras chaves orgânicas que estão com melhor performance, número de links de entrada, apontamentos de outros domínios para o seu site, total de páginas indexadas e páginas que recebem maior tráfego.  Analise também o fluxo de navegação e comportamento dos visitantes no site atual.

Por exemplo, se a maior parte do tráfego que acessa a página pela home, segue em direção a uma determinada categoria de produtos, talvez seja melhor reproduzir esse fluxo em seu novo mapa e estrutura de navegação.  Aproveite e potencialize o histórico que você já dispõe.

O algoritmo “Google Penguin”, lançado em 2012 pune sites que possuem localizações pobres para as palavras-chaves. Para corrigir esse problema pense que seu design precisa ser primeiramente ser facilmente compreendido por um ser humano, em segundo lugar por mecanismos de busca, remova tudo o que não pareça natural dentro do conteúdo.

Verifique os redirecionamentos 301.  Quando você reestruturar os urls do site, é essencial transferir os urls antigos para os novos.  Se você tiver uma página que fale sobre a missão da empresa. (www.seusite.com.br/missao) e outra com a visão (www.seusite.com.br/visao) e no novo site queira consolidar ambas as páginas em uma só (www.seusite.com.br/sobreaempresa), considere redirecionar os 2 urls antigos para o novo.

Outro ponto importante, utilize urls amigáveis separadas com (-) ou (_).   O Google entende (-) como separadores e (_) como conectores.   Isso significa que cada palavra poderá ser tratara individualmente se for separada por (-). Você poderá também utilizar (/) para categorizar a informação, exemplo (www.seusite.com.br/categoria1).

Aproveite também a oportunidade para otimizar seu site para dispositivos móveis.  Templates responsivos aprimoram a experiência de navegação em diferentes formatos de telas e com a proliferação atual dos tablet e smartphones, a responsividade deixou de ser algo a mais para se tornar um item obrigatório.