buscape_2015Se sua empresa trabalha com a venda de produtos através de e-commerce e tem preço competitivo o Buscapé pode ser uma ótima opção para potencializar as vendas.

 

 

 

 

Há alguns anos, o Buscapé iniciou um processo judicial contra o Google, alegando que o Google privilegiava os próprios resultados em detrimento de outros sites.   O fato é que, como o lançamento do comparador de preços Google Shopping, muitos anunciantes migraram do Buscapé, para a plataforma do Google.

Veja mais sobre o processo judicial no qual o Buscapé perde a batalha contra o Google:
http://corporate.canaltech.com.br/noticia/juridico/Buscape-perde-processo-judicial-envolvendo-o-Google-Shopping/

Apesar de o Google Shopping gerar excelentes resultados, o Buscapé pode também trazer retornos satisfatórios.  Um fator importante a considerar nessa decisão é se o anunciante pratica valores abaixo ou muito abaixo da média de mercado.   Como o Buscapé é a priori um comparador de preços, os lojistas que apresentam as melhores ofertas tendem a obter maios retorno ao anunciar no Buscapé.

Outro ponto importante é sobre o tipo de produto anunciado.  Quanto mais conhecido for o produto, maior as chances de o volume de buscas ser relevante e gerar resultados positivos.   Se o lojista trabalha com produtos muito específicos, customizados, artesanais, o Buscapé tende a não ser uma opção viável, devido ao baixo volume de buscas.

A melhor forma de tirar a dúvida é determinar qual o custo de conversão do Buscapé vs Google e assim verificar o ROI em ambos os canais.  O Buscapé continua sendo uma ferramenta poderosa e capaz de alavancar muitos negócios.