Como calcular sua hora de trabalho como freelancer

O trabalho freelancer está se tornando a forma de muitos profissionais atuarem na sua área de conhecimento. Mas não é só por conta do desemprego, baixos salários ou insatisfação no emprego. Existem muitas vantagens em aderir a essa maneira de exercer a sua profissão.

Afinal, ao ser freelancer, é possível ter maior flexibilidade de horários, perder menos tempo no trânsito e contar com mais autonomia para tomar decisões. Esses atributos do trabalho por conta, não raro, são os verdadeiros motivos para se tornar um freelancer.

Desse modo, consegue-se trabalhar nos horários do dia mais propícios, de acordo com a sua rotina, estar com a família nos momentos importantes, decidir em quais projetos se envolver, ter maior qualidade de vida, etc.

Mesmo com todos esses benefícios, tomar a decisão de ser freelancer é algo que deve ser levado muito a sério. Isso porque o profissional precisa ter disciplina para trabalhar sozinho e não se distrair, bem comoiniciativa, pois ninguém vai dizer o que ele deve fazer.

Outro desafio diz respeito a como calcular sua hora de trabalho como freelancer. Afinal, o profissional não tem carteira assinada e nem um salário pré-definido. Dessa maneira, deve saber o quanto cobrar para receber o suficiente, mas sem deixar de ter um preço competitivo.

Se interessou pelo assunto e quer saber mais? Então, continue lendo este artigo, confira as principais informações para fazer esse cálculo e veja mais dicas a respeito dessa maneira, cada vez mais comum, de trabalhar com o que realmente gosta.

Para tanto, confira os tópicos a seguir:

  • Como se tornar freelancer
  • Como calcular hora de trabalho
  • Dicas para ter sucesso como freelancer
  • Onde encontrar clientes
  • Como cobrar dos clientes

Como se tornar freelancer

Antes de aprender como calcular sua hora de trabalho como freelancer é importante saber como trabalhar por conta própria, oferecendo os seus serviços diretamente ao cliente final, sem vínculo empregatício. Se vocêainda não é freelancer pode se interessar.

Para tanto, saiba que esse tipo de profissional pode atuar de maneiras diferentes. Ele pode trabalhar da sua casa, atendendo clientes à distância, o que, hoje em dia, é extremamente simples, devido ao uso dainternet.

Também é possível que o freelancer tenha o seu próprio escritório ou adere aos espaços de coworking, que estão mais comuns a cada dia em várias cidades de todo o país. Esse profissional pode até mesmo realizar a sua atividade dentro de empresas.

Nesse caso, ele possui um contrato com a empresa, para definir como vai funcionar a sua prestação de serviço para um determinado projeto. Isso quer dizer que também não há vínculo empregatício.

O freelancer, portanto, pode atender quantos clientes quiser, de forma paralela, claro, desde que consiga realizar todos os trabalhos conforme o acordado entre as partes. Por isso, quem atua dessa maneira deve ter bastante disciplina para organizar a sua rotina.

Como calcular hora de trabalho

Mesmo com todas as facilidades e vantagens que o trabalho de freelancer oferece aos profissionais que desejam trabalhar por conta, há também muitos desafios. Entre eles, está o de descobrir a melhor forma de como calcular sua hora de trabalho como freelancer.

Afinal, diferente de outras maneiras de trabalho, atuando por conta é possível definir o quanto cobrar dos seus clientes. Além disso, mesmo que você não cobre por hora trabalhada, mas sim, por projeto, é importante ter essa noção.

Isso porque, ao calcular a sua hora de trabalho, fica mais fácil ter uma base e precificar a sua dedicação a cada projeto, de acordo com o tempo que será levado para conclui-lo. Nessa hora, entretanto, é preciso atender diferentes aspectos.

Entre eles, média salarial do profissional, peculiaridades do projeto, preço da concorrência e despesas com cada projeto. Veja a seguir como incluir cada um desses fatores ao calcular sua hora de trabalho como freelancer.

  • Pesquise quanto recebe um profissional da mesma área

O primeiro passo é pesquisar quanto recebe um profissional da mesma área que a sua, se ele estivesse empregado. Claro, não se esqueça de considerar a sua experiência, já que profissionais novos no mercado podem receber menos, ou seja, o piso salarial da categoria.

Caso a sua atividade profissional não possua piso salarial, faça uma média com outros profissionais que estejam no mesmo nível que você.Para um cálculo mais preciso adicione a esse valor os benefícios que costumam ser oferecidos a profissionais com o seu perfil.

Dessa forma, pode ser preciso incluir o valor do vale transporte, vale alimentação e/ou refeição, plano saúde e outros. Some ainda o décimo terceiro e férias, sendo que esses valores devem ser proporcionais, isto é, referentes a um mês.

Portanto, o décimo terceiro e a férias devem ser divido por 12, que são o número de meses do ano. Já o valor total do quanto você receberia por mês deve ser dividido pelo número de horas que pretende trabalhar por dia.

Quem deseja se dedicar a sua atividade profissional oito horas por dia, durante os cinco dias da semana, deve dividir o valor por 160.Mas se você quer se dedicar a sua atividade de freelancer apenas quatro horas diárias, então, a divisão deve ser por 80.

Com esse cálculo você tem o valor da sua hora de trabalho.No entanto, não basta chegar a esse número, é preciso levar em conta outros aspectos, que podem aumentar ou mesmo reduzir esse preço inicial.

  • Faça um levantamento dos custos envolvidos

Mesmo ao realizar um trabalho freelancer, o profissional pode ter custos extras, os quais devem ser somados ao valor da sua hora de trabalho. Para tanto, é preciso verificar tudo o que envolve alguma despesa para a realização do projeto.

Pode haver gastos com energia elétrica, internet, material de escritório, aluguel de coworking ou de sala comercial e impostos. Alémdisso, o freelancer pode gastar com transporte para reuniões, refeições durante o deslocamento, celular para atender o cliente, etc.

Assim, para cada projeto pode ser preciso adaptar o valor da sua hora de trabalho. De maneira geral, quanto mais o cliente exige do profissional contratado, mais alto deve ser o preço da sua hora de trabalho.

  • Avalie a complexidade do projeto

Mais um fator importante na hora de como calcular sua hora de trabalho como freelancer é levar em conta a complexidade do projeto. Isso quer dizer que quanto mais você precisar se dedicar a ele, mais cara pode ser a sua hora de trabalho.

Isso envolve mais do que as horas em si de trabalho, pois tem a ver com o quanto o seu intelecto é exigido. Afinal, vale lembrar que o prestador de serviços vende as suas habilidades e a sua capacidade de realizar uma determinada tarefa.

Assim, quanto mais você tiver que pesquisar, estudar e criar para concluir um projeto, mais valioso é o seu trabalho. E, por consequência, mais pode cobrar por ele.

Por isso, mesmo tendo uma média do valor da sua hora de trabalho, é importante saber quais são todas as especificidades do projeto e necessidades do cliente. Com isso, você consegue fazer um orçamento que tenha um valor justo.

  • Verifique quanto a concorrência cobra

Mais um ponto crucial de como calcular sua hora de trabalho como freelancer é saber quanto a concorrência está cobrando dos seus clientes. Se isso não for levado em contato, não adianta fazer todos os levantamentos necessários.

Isso porque, se o valor da sua hora estiver muito acima doque outros profissionais da mesma área cobram, então, as suas chances deconquistar clientes são pequenas. Da mesma forma, valores muito abaixo da médiapodem deixar o cliente em potencial com um pé atrás.

Portanto, verifique quanto outros freelancers estão cobrando para executar os seus projetos. Quem atua por meio de plataformas que reúneprestadores de serviço e clientes em busca de contratações tem mais facilidade em conferir os valores da concorrência e ficar na média.

No entanto, isso não quer dizer que você não pode ter um preço um pouco acima dos concorrentes, desde que isso seja justificado. O valor mais caro pode ser explicado pela sua maior experiência na área, por oferecer os menores prazos, etc.

De modo semelhante, no início de carreira de um freelancer,pode ser vantajoso oferecer preços levemente mais baixos, a fim de conquistar novos clientes. E mais, nunca se esqueça de negociar com os clientes em potencial, desde que isso não lhe cause prejuízos.

Ou seja, saber como calcular sua hora de trabalho como freelancer é uma arte. E, aos poucos, você aprende como precificar o seu desempenho em diferentes situações.

Dicas para ter sucesso como freelancer

Agora que você já descobriu como calcular sua hora de trabalho como freelancer, confira algumas dicas para ter sucesso como freelancer.

  • Monte um home office

Quem vai trabalhar em casa como freelancer deve ter um cantinho só seu, um home office. Dessa forma, se torna mais fácil manter o foco no trabalho e evitar distrações. Quem trabalha no computador não precisa de muito espaço, bastando um pequeno cômodo.

Se não tiver um sobrando, pode ser um canto da sala ou do quarto. O mais importante é que o espaço escolhido seja o seu escritório, onde você sempre vai estar enquanto estiver trabalhando.

Além de ser mais saudável, já que ficar com o laptop em cima do colo pode trazer problemas no médio prazo, é uma forma de se concentrar com mais facilidade. Sem contar que ajuda a fazer com que as demais pessoas da sua residência respeitem a sua atividade.

  • Estipule metas

Além de calcular hora de trabalho, é importante estipular metas, não só financeiras. Isto é, avalie o quanto de tempo você pode trabalhar como freelancer por dia, considere se é possível aumentar esse período ou mesmo reduzir para conciliar demais tarefas.

Você pode ainda ter como meta trabalhar como freelancer apenas por um tempo, para obter experiência e atingir um objetivo futuro. A sua atividade como freelancer pode ser permanente, mas almeje atender maisclientes, cobrar um preço melhor, etc.

  • Organize a rotina

Outra dica essencial é organizar uma rotina de trabalho.Mesmo que a possibilidade de maior flexibilidade de horários seja um dosaspectos mais atrativos, isso não quer dizer que você vai trabalhar apenasquando quiser.

Nesse ritmo, é possível que a sua atividade como freelancer não se sustente e dure pouco tempo. Assim, vale a pena estipular horários de trabalho, mesmo que haja a possibilidade de mudanças conforme compromissos que possam aparecer.

Onde encontrar clientes

Atualmente, há diferentes plataformas onde é possível se cadastrar e ter acesso a clientes em potencial. Eles podem buscar profissionais para projetos pontuais ou mesmo para uma parceria de médio ou longo prazo.

Além de ter acesso a uma ampla gama de oportunidades, algumas dessas plataformas intermediam o pagamento. Com isso, o freelancer tem a certeza que vai receber pelo trabalho executado e, o cliente, que vai receber otrabalho contratado.

No entanto, existem outras formas de encontrar clientes sendo freelancer. As redes sociais são grandes aliadas e nelas você pode buscar novas parcerias. O mesmo pode ser dito do seu círculo de contados, ou seja, o seu networking.

Como cobrar dos clientes

Além de saber como calcular sua hora de trabalho como freelancer, é necessário entender como cobrar o pagamento dos seus clientes.Afinal, de nada adiantar se esforçar para ter um preço justo e competitivo, se o cliente não quitar a dívida que tem com você.

Com exceção das plataformas que se responsabilizam pelo pagamento dos projetos realizados, é importante ter um contrato de prestação de serviços, preferencialmente, registrado em cartório. Com ele, você pode buscar ajuda judicial em caso de inadimplência.

Além disso, mesmo usando as plataformas é possível fazer uso do contrato, o que pode ser até uma exigência do cliente. Já se a plataformaque você usa oferece a possibilidade de registrar os detalhes do acordado entre as partes, use esse recurso ao máximo.

Assim, antes de iniciar o trabalho, combine com o cliente todos os pormenores do projeto, bem como o valor a ser cobrado e o prazo de entrega. Desse modo, se houver algum problema, o que foi registrado é usado para resolver qualquer impasse.