Conheça o Google Signals e otimize os seus links patrocinados

googlessignals

O Google Analytics é uma das ferramentas mais úteis para anunciantes. Com ele é possível entender as características de navegação e comportamentos da sua persona. Consequentemente, a maioria dos profissionais de marketing já conhece e utiliza os insights dessa ferramenta. Mas poucos sabem que o Analytics lançou, recentemente, o Google Signals. Um novo recurso que promete gerar novas informações relevantes para os seus links patrocinados.

O que é o Google Signals?

Lançado em julho, durante o evento Marketing Live 2018, o Google Signals surge como um recurso inovador dentro de todo o ambiente digital. Com novas possibilidades de mensurações e relatórios, ele ainda está em sua versão beta.

Quando ativo, a promessa deste novo recurso é detalhar a jornada do consumidor através de relatórios. Que, por sua vez, só são possíveis a partir do acompanhamento de dispositivos durante o caminho percorrido pelo consumidor.

Suponha que um usuário logado no Google, tanto no PC quanto no smartphone, clica em um anúncio mobile. Apesar de considerar a oferta atrativa, ele não converte. Contudo, algumas horas depois, em seu desktop, o consumidor busca novamente pelo produto/serviço oferecido anteriormente e desta vez realiza a compra.

No exemplo acima vimos que o visitante percorreu um caminho curto até a conversão (Mobile > Desktop). Porém a nova função do Google irá rastrear todo o percurso dos usuários, independentemente de quantos acessos e dispositivos ele faça. Mas, para estruturar esses relatórios, o Analytics necessita que o visitante esteja com logado no Google, só assim será possível rastrear os dispositivos que utilizar.

Quais os benefícios do Google Signals?

Fornecer dados relevantes é uma das promessas do Google há um bom tempo. E, com essa nova função em desenvolvimento, ele também se torna a principal fonte para o acompanhamento e rastreio entre dispositivos dispositivos para milhares de empresas. Portanto, a premissa do Google é tornar o complexo rastreamento manual uma tarefa desnecessária.

Consequentemente, relatórios que exigiam especialistas ou um bom orçamento para adquirir, estão disponíveis a todos gratuitamente. Mas o que isso significa?

Com os diagnósticos, oferecidos pelo Google Signals, você terá o conhecimento preciso da jornada do consumidor até o momento da compra. Logo, entender quais são os comportamentos mais usuais da sua persona torna-se mais simples. E, com todos esses dados em mãos, você poderá redirecionar os esforços da sua campanha a fim de otimizar o seu investimento.

Como ativar o Google Signals?

Agora que você já conhece a essência e os motivos para utilizar o Google Signals é hora de começar a usá-lo. Para habilitá-lo é simples, basta clicar selecionar Público > Todos os dispositivos e começar a configurar. Fique atento às permissões do Google Analytics caso você seja uma agência com várias contas na ferramenta.

ativargooglesignals

Lembre-se o Google Signals não é retroativo, ou seja, só é possível captar os insights após ativado. Além disso, os relatórios só serão disponibilizados com, no máximo, 26 meses da data atual.

Quais os relatórios oferecidos pelo Google Signals?

Para que você possa fazer as atualizações das suas campanhas de forma assertiva, primeiramente, é preciso saber ler os números oferecidos pelo Google Signals. Portanto, trouxemos, detalhadamente, alguns dos dados que você vai encontrar ao ativar essa nova ferramenta.

Relatório de sobreposição de dispositivos

Inicialmente, as informações oferecidas parecem semelhantes aos relatórios já existentes. Porém, a partir de um diagrama de Venn, a sobreposição de dispositivos oferece uma ilustração extremamente útil para entender quantos usuários utilizam mais de um aparelho.

relatoriogooglesignals

Relatório de caminhos

Ele mostra os caminhos de um visitante dentro do site para cada dispositivo. Ou seja, você poderá visualizar o número de sessões e o tempo gasto dos usuários em cada plataforma. Desta forma é possível entender em qual condição e padrão o consumidor engaja mais.

relatoriogooglesignals

Relatório de Aquisição

A impressão passada por esse relatório, que tem por objetivo esclarecer em quais dispositivos o usuário converte, é que ele transmite uma forma visualmente agradável de dados que já eram fornecidos pelo Analytics.

relatoriogooglesignals

Como otimizar seus links patrocinados com o Google Signals?

Enfim chegamos ao principal ponto desse artigo, como você vai utilizar os elementos fornecidos pelo Google Signals para gerar mais conversões no Google Ads?

Para utilizar o orçamento das campanhas da maneira mais produtiva possível é necessário conhecer a sua persona. Para tanto, inteirar-se sobre os comportamentos do consumidor até a tomada de decisão é um dos fatores essenciais. Ao descobrir como a utilização dos aparelhos influência nas conversões você poderá redirecionar os seus esforços e conquistar melhorias no seu ROI (retorno sobre investimento).

Falando em termos práticos, além de passar a investir mais nos dispositivos que mais convertem, é viável potencializar a sua campanha de remarketing. O mercado segue uma tendência de utilizar as plataformas mobile, mas ainda há uma aversão em converter por elas. E, uma vez analisado esses dados de jornada do seu prospect através do Signals, fazer alterações de investimento nas campanhas de remarketing torna-se mais assertivo.

Saber os costumes do consumidor permitirá que você atinja-os com maior precisão. Isto é, você terá o conhecimento dos canais mais relevantes para investir na sua campanha de remarketing. Então, após a primeira vez que o seu prospect visitar o seu site ele, provavelmente, visulizará com frequência os seus anúncios.

Visão Geral sobre o novo recurso do Google

Em nossa opinião, o Google Signals oferece um design limpo e uma interface inteligente. Com alguns filtros interessantes, como a de sistema operacional, por exemplo. É possível perceber que a organização dos seus relatórios tende a focar nas conversões, consequentemente eles ajudam a verificar como está a performance de cada situação.

Ao utilizarmos o Google Signal é possível afirmar que, mesmo com as melhorias a se fazer na captação da versão Beta, a ferramenta mostra-se muito útil. Todavia, filtros e análises secundárias mais profundas permitiriam que o administrador compreendesse melhor a jornada do consumidor. Portanto, com uma promessa inovadora, o recurso promove insights aos profissionais de marketing, mas ainda carece de informações mais claras.   

Plataforma Rotamáxima PS

Ofereça seus serviços e receba pela plataforma.
Contrate o profissional ideal para o seu projeto