Aprenda a criar uma landing page para sua campanha de Google Ads

landingpage otimizadaA maneira de fazer marketing mudou, hoje, uma empresa que pretende realizar uma ação de links patrocinados, com bom desempenho, visa sempre a melhor experiência ao consumidor. Devido à importância de explorar a atenção do usuário, esse vem sendo um assunto recorrente em nosso blog. Abordamos, aqui, boas práticas para você se diferenciar dos concorrentes nos resultados de busca. Porém, desta vez o objetivo é encantar o usuário através de uma landing page qualificada.

Realmente, um dos primeiros passos para ter uma campanha de destaque é alcançar um bom CTR (taxa de cliques). Ou seja, atrair mais visitantes que os outros anunciantes é ideal para a performance e para a geração de conversões. No entanto, causar uma “boa impressão” nos buscadores é apenas o início para um bom desempenho. Assim que o visitante entra no site, ele espera encontrar uma landing page coerente com o anúncio.

A página de destino no Google Ads diz tudo sobre os próximos passos do consumidor. Deparar-se com uma página sem as informações prometidas pela oferta. Ou, simplesmente, que seja visualmente desagradável causará uma rejeição enorme à sua campanha. Pensando nisso, trouxemos para esse artigo insights para você criar landing pages que vendem.

Como o Google lê as Landing Pages?

Além de fazer suas ações pensando na experiência do consumidor é essencial que elas também estejam otimizadas para os robôs de busca. A landing page é a primeira página, nela se encontram os usuários que clicaram em um link patrocinado. Logo, o Google reconhece que uma página de destino bem estruturada pode ser um fator a mais de classificação.

Apesar de técnica, essa otimização demandada pelos mecanismos de busca está muito longe de ser complexa. O principal objetivo é proporcionar as melhores posições às landing pages coerentes e de boa navegabilidade. Veja os tópicos a seguir:

  • Meta tags: As meta tags, tanto de título como descrição, são importantes portas de entrada para a sua landing page. Estruturar a sua página de acordo com elas é uma maneira de mostrar ao Google que você está oferecendo o que foi ofertado;
  • Heading tag: As heading tags são responsáveis por organizar o seu conteúdo. A H1 ou título da página é a principal e, seguindo a mesma linha de raciocínio anterior, ela deve estar relacionada com a oferta;
  • Palavras-chave: Desenvolver o conteúdo ou escrever as Alt tags (imagens) com palavras-chave vinculada ao título é outro coeficiente de otimização importante;
  • URL amigável: Uma URL da página de destino coesa também é um fator simples, mas que pode auxiliar no seu índice de qualidade;
  • Código limpo: O Google não consegue ler, por exemplo, códigos Flash. Portanto, utilizar HTML5 é uma sugestão para não ter nenhuma complicação;
  • Tempo de carregamento: Páginas lentas, segundo os robôs de busca, tem uma alta rejeição dos visitantes. Assim sendo, proporcionar melhor desempenho comprimindo imagens, por exemplo, é uma alternativa para ranquear melhor;
  • Versão Mobile: Por fim, sites que contém uma versão responsiva para mobile terão um melhor desempenho comparado às que não a possuem.

Agora você já sabe como aumentar o índice de qualidade da sua campanha através de uma página de destino otimizada. Contudo, para montar uma landing page eficiente é necessário pensar na experiência do visitante. Para tanto, traremos, adiante, as características comuns de páginas que realmente convertem.

Como fazer uma Landing Page de alta performance?

O algoritmo do Google pode dar os caminhos para obter uma vantagem competitiva e até gerar mais cliques. Mas só uma página bem estruturada, que explore o comportamento, as dúvidas e dores do cliente performam melhor. Isto é, são responsáveis por gerar leads e, consequentemente, adquirir maiores taxas de conversão.

Grandes anunciantes observam tendências do mercado e analisam o perfil de sua persona. Assim, eles conseguem produzir landing pages de alta performance. Desse modo, conclui-se que cada página possui características únicas. Mas as observando, também é possível perceber que elas seguem alguns padrões de qualidade. Posto isso, separamos três dicas você seguir e gerar muitos leads.

Produza um conteúdo relevante e original

Assim como na produção de qualquer texto na web, a sua landing page precisa de conteúdo único. Quando um consumidor encontra um anúncio ele está buscando algo ou alguém que possa resolver o seu problema. Trabalhar a oferta divulgada no anúncio ao longo da sua página de destino é essencial para despertar o interesse do visitante. Aqui é importante trazer, da maneira mais criativa possível, os benefícios e atributos do seu produto ou serviço. Explorar suas qualidades exclusivas também é um diferencial.

Para produzi-lo de forma assertiva, você pode criar grupos de anúncios e escrever de maneiras diferentes para cada um. Dessa maneira, será realizado o teste A/B que resultarão em relatórios precisos. Responsáveis por definir qual a melhor maneira de interagir com os buscadores ou comunicar-se com o usuário.

Desenvolva sua página visualmente

O design da sua landing page não possui nenhum valor para os buscadores, mas é um dos aspectos mais importantes na conversão. Tornar sua página visualmente agradável e destacar pontos importantes podem fazer toda a diferença. Uma vez que o usuário já aprovou o seu conteúdo, porém não encontrou seu botão de CTA (chamada para ação), você perdeu um lead em potencial.

Organizar e dar destaque aos conteúdos mais importantes da sua landing page são as melhores alternativas para promover uma boa experiência. Você pode fazer isso, por exemplo, colocando cores contrastantes no seu formulário de cadastro ou organizar e marcadores os benefícios do seu serviço. Procure não poluir o layout e, assim como anteriormente, faça testes para ver como as pessoas reagem.

Passe confiança ao visitante

Por último e não menos importante, abordaremos um assunto que passa muito pela produção do conteúdo. Passar confiança ao consumidor é a melhor maneira de obter leads mais qualificados para a venda. Mas como é possível dar segurança ao visitante a partir de uma página de destino?

Primeiro conte sobre você, seja transparente, fale sobre a história da empresa e apresente seus objetivos e valores. Mostrar cases, experiências e metodologias também é uma ideal, apresentar depoimentos dos clientes é uma ótima opção nesses casos. Mas lembre-se que a landing page tende a ser o primeiro contato da persona, então utilize uma linguagem apropriada para ela. E, por fim, deixe informações como telefone, e-mail e endereço, a possibilidade de uma comunicação mais pessoal futuramente passa ainda mais tranquilidade.

Comece a otimizar sua landing pages

A página de destino pode ser crucial para conquistar o retorno esperado em sua ação. Criar uma campanha de Google Ads sem otimizar a campanha pode significar uma grande perda em seu orçamento. Portanto, fazer as alterações pontuais e verificar as métricas resultarão em mais conversões. Veja, abaixo, esse pequeno checklist que preparamos para você e comece a otimizar a sua landing page já.

  • Utilize um título relevante e envolvente;
  • Faça uma lista de benefícios do seu produto/serviço;
  • Coloque uma Call-to-action em destaque;
  • Insira um formulário de cadastro;
  • Informe dados para contato;
  • Trabalhe uma imagem ou texto com apelo emocional.

Por fim, lembre-se de criar uma conexão entre o anúncio e a oferta da Landing Page.  Se seu anúncios diz que sua empresa oferece serviços de entrega em 1 dia, a Landing Page deve ressaltar de cara essa informação.  Isso reduz a rejeição e cria a sensação de “era exatamente isso o que eu estava procurando” no seu cliente.