Marketing digital no Brasil: As empresas ainda tem muito espaço para crescer em 2019

marketing digital no brasil

O marketing digital no Brasil, assim como em todo o mundo, está em franca ascensão. Ou seja, com as inúmeras possibilidades proporcionadas por estas estratégias, muitas empresas estão ou já migraram os seus orçamentos destinados à publicidade tradicional para o digital.

Para ter maior noção deste crescimento, uma pesquisa feita pela IAB, analisando os investimentos das empresas no ambiente digital, acredita que o mercado nacional atingirá taxas de crescimento de 12% ao ano até 2021.

Isso acontece porque o consumidor brasileiro é um dos mais conectados do mundo (cerca de 9 horas online). Todavia, mesmo com este alto grau de conectividade (superando até os norte-americanos), a maioria das empresas brasileiras ainda agem como iniciantes e acabam perdendo muitas oportunidades deste mercado.

Quer saber mais sobre este cenário? Leia este artigo até o final, pois nele ainda passaremos algumas dicas para você saber como sair na frente dos seus concorrentes.

Por que as empresas estão investindo cada vez mais no marketing digital?

Os benefícios de aplicar o marketing digital em sua empresa são incontáveis. Nestas estratégias conseguimos adequar nossas ações tanto para as necessidades da marca quanto as do cliente. Veja as vantagens mais conhecidas.

Alto alcance

Independentemente do canal digital, anunciar ou criar conteúdo orgânico possibilita a comunicação com os milhares de usuários que utilizam, por exemplo, redes sociais e buscadores.

Imagine um negócio físico que começa a criar ações publicitárias em suas proximidades. Nesta situação ele está limitando seu alcance somente àquela região. Contudo se tivesse investido em marketing digital, ele poderia prospectar novos clientes em todo o país.

Maior retorno

Seguindo a mesma linha de raciocínio do tópico acima, suponha que o responsável por uma marca deseje aumentar o alcance através de publicidade tradicional, como divulgação na televisão ou rádio por exemplo.

Além do alto custo, que é muitas vezes inviável para empresas para pequenas e médias empresas, estes canais alcançam seus potenciais clientes, mas também um público pouco interessado em seu produto.

Já veiculando o mesmo anúncio na internet é possível segmentar suas ações para apenas consumidores qualificados. O que resultaria em uma campanha de menor custo com maior assertividade.

Alta interatividade

Bem como estes dois últimos fatores, outro tão relevante quanto é a forma de se comunicar com o consumidor. Isto é, os recursos do marketing digital nos permitem criar mensagens personalizadas a cada grupo de consumidor.

Além disso, investindo em blogs, redes sociais e links patrocinados, conseguimos obter feedbacks precisos e é possível se adequar às necessidades e desejos dos usuários com rapidez. Portanto, uma marca que se faz presente nestes meios, tem mais facilidade em fidelizar clientes.

Mensuração

Por fim, todas as ações feitas na internet podem ser analisadas com mais precisão. Portanto, o marketing digital possibilita conhecer características e informações comportamentais da audiência que interage com você. Logo, estar sempre atento à mensuração de dados é ideal para aumentar o desempenho das suas campanhas.

Cenário do marketing digital no Brasil

Embora seja o país da América Latina que mais investe no meio digital (cerca de 24,4% de todo o investimento em mídias), as aplicações em marketing digital no Brasil não chegam a metade da média dos países desenvolvidos. E, entre outros fatores, isso deve-se a falta de resultados expressivos gerados com estas estratégias.

Logo, a partir destes dados, pode-se dizer que no Brasil ainda faltam profissionais qualificados. Ou seja, pessoas que dominem os processos e sejam capazes de auxiliar empresas no processo de transição para o marketing digital.

Portanto, para exemplificar melhor, dividimos esta situação em quatro etapas que precisam ser melhoradas.

Planejamento

Uma empresa que não possui um plano de ações dificilmente vai alcançar algum resultado. O marketing digital é dinâmico e quem não se planeja não saberá tomar a decisão correta quando for necessário.

Portanto, definir os objetivos, o público, os canais e alinhar todas estas questões com as competências de sua equipe de marketing é essencial. Sem fazer isso corretamente, nenhuma empresa consegue otimizar os custos, tão pouco o alcance em relação à publicidade tradicional.

Processos

Com um bom planejamento você sempre terá uma base para suas ações. Mas, a partir do momento que é necessário partir para a prática, o desconhecimento das ferramentas que vão ser trabalhadas pode interferir em todo desempenho esperado. Esta é uma das etapas de maior gargalo no Brasil, especialmente para as micro e pequenas empresas.

O marketing digital possui várias vertentes para serem trabalhadas (SEO, links patrocinados, redes sociais, etc.). Logo cada uma delas também exige um conhecimento específico. Ao anunciar no Google, por exemplo, uma pessoa que não conhece a plataforma e conceitos do Google Ads fará com que todo o orçamento seja mal gasto.

Jornada e experiência

O planejamento e os processos são etapas básicas do marketing digital. Isto é, boa parte das vezes os profissionais não se esquecem delas, mas costumam fazê-las de forma ineficiente. Já os conceitos de jornada e experiência do consumidor são deixados de lado, isso ocorre até por desconhecimento de muitos que trabalham.

Uma vez que você sabe onde quer chegar e já tem todo o conhecimento técnico para isso, é hora de focar no usuário. Um mesmo perfil de consumidor possui vários estágios de conscientização e isso interfere na forma como são feitas as campanhas.

Saber explorar as intenções de busca das palavras-chave e também nutrir leads em todos os estágios do funil é indispensável para ter assertividade. Isso porque todas as vantagens trazidas anteriormente no marketing digital só são válidas quando se consegue atingir a pessoa certa no momento certo.

Investimento e mensuração

Por último, no marketing digital é de extrema importância considerar o orçamento e medir os resultados.

Nem todas as empresas possuem as mesmas oportunidades de investimento. Então não adianta sempre concorrer com as líderes de mercado pelas mesma oportunidades.

Por outro lado, uma análise equivocada de muitas empresas, especialmente as de pequeno porte, é o foco excessivo no custo por lead. Considere o fato de que não basta o lead ser barato se sua empresa não agrega valor ao cliente.

As empresas líderes, que conseguem agregar mais valor aos clientes “se dão ao luxo” de investir em mais canais de divulgação, com mais recursos, mais opções e não necessariamente com o custo por lead mais barato. O Mindset focado apenas no custo por lead pode ser equivocado se sua empresa tem o propósito de se expandir.

Dito isso, e voltando ao pensamento prático, a melhor forma de igualar as oportunidades é buscando nichos de mercado. Se você representa uma empresa de pequeno porte, por exemplo, dê preferência à assuntos e produtos com baixo volume e alta taxa de conversão. Pelo menos no que se refere ao posicionamento de suas estratégias de marketing em mídias digitais.

Além disso a mensuração também otimiza os seus investimentos. Logo todas as empresas de todo o porte deveriam estar concentrando esforços na análise de métricas e KPIs. Apenas desta maneira será possível aplicar todas as etapas anteriores novamente, porém de forma mais eficiente e com menos custos.

Conclusão

Ainda em 2019, o marketing digital no Brasil tem muito a evoluir em todos estes elementos que foram abordados. Isso pode ser uma ótima notícia para quem está ingressando no mercado e quer se destacar. Por outro lado, quem não possui tempo para se profissionalizar na área ou investir em uma equipe de marketing qualificada, deve recorrer uma agência especializada. Veja como escolher a melhor aqui.