Marketing Multicanal: Uma necessidade para sua empresa

marketing multicanal

Hoje o marketing multicanal não é uma opção, mas uma necessidade para o seu negócio.

Desde a utilização do ambiente digital nas estratégias de comunicação das empresas, os canais de marketing passaram a aumentar exponencialmente.

Esse crescimento do número dos canais trouxe muitos benefícios. As pequenas empresas que não tinham orçamento para investir em publicidade tradicional (rádio, tv ou OOH), por exemplo, ganharam uma nova oportunidade de posicionamento.

Por outro lado, essa mudança promovida pela era da tecnologia, também tornou o consumidor mais exigente. Hoje o público digital pode buscar qualquer informação a qualquer momento, lugar e em qualquer canal. Consequentemente empresas que não se fazem presente em algum deles está perdendo oportunidades.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o que marketing multicanal e como aplicá-lo? Leia o nosso artigo até o final e aprenda tudo sobre o assunto.

O que é marketing multicanal?

Utilizar o marketing multicanal em suas estratégias signfica posicionar-se em diversos canais de comunicação.

Uma empresa que dispõe de vários meios (diretos e indiretos) para interagir com o seu cliente está utilizando o marketing multicanal. Ou seja, está possibilitando que o público encontre seus produtos ou serviços no local que preferir.

Dessa forma, o marketing multicanal nada mais é do que oferecer opções ao público a fim de não perder oportunidades de venda.

Exemplos de canais que podem ser utilizados

  • Youtube;
  • Redes Sociais;
  • Loja Virtual;
  • Marketplace;
  • Blog;
  • E-mail;
  • Espaço Físico;
  • Outros canais offline (TV, rádio, mobiliário urbano, etc.).

Por que fazer marketing multicanal?

Quantas horas por dia você passa em suas redes sociais? E quando surge alguma dúvida sobre determinado assunto, você provavelmente a joga no Google, não é mesmo?

Como já dissemos, a tecnologia mudou a forma como a informação chega ao consumidor. A internet mudou o comportamento e os hábitos do consumidor, consequentemente, também mudou o mercado como um todo.

Um público que já foi orientado somente por publicidade em televisão, rádio e call centers, hoje toma suas próprias decisões. Enquanto o consumidor está buscando um produto, ele também está fazendo uma pesquisa para saber todas as qualidades, defeitos e concorrentes dele.

Resumindo, a jornada de compra mudou e, como consequência as empresas precisam ser muito mais transparentes. Hoje é o consumidor que escolhe o que quer comprar, quando quer, e de que maneira quer interagir.

Assim, se você ainda não utiliza o marketing multicanal em suas estratégias, você está perdendo tempo. Veja três motivos que levam as empresas a usá-lo.

Maior alcance da marca

O primeiro objetivo mais óbvio de quem utiliza vários canais é aumentar o alcance.

É verdade que um usuário digital que lê e-mails tem grande chance de também estar nas redes sociais e com certeza nos buscadores. Portanto a questão aqui é: quando eles vão estar?

Por mais que o ambiente online disponibilize métricas para que você tenha alguma consciência disso, não é possível ter certeza. Mas esforçando-se para estar presente em todos, o número de usuários que passam despercebidos diminui consideravelmente.

Além disso, esse alcance também permite a integração dos canais. Estar presente em todos os principais veículos digitais ajuda a passar imagem de que sua empresa é realmente séria.

E quando falamos de integração offline e digital, os resultados são ainda melhores. Organizar sua comunicação para os dois ambientes pode trazer muitas vendas.

Aumento das conversões

Assim como não podemos ter certeza de qual momento o usuário estará em cada canal, sem muitas estatísticas também não saberemos o local que mais converte.

Além do aumento do alcance ter um potencializador natural do faturamento, estar em diversos canais fornece segurança ao consumidor. Afinal, ele pode não se sentir tão a vontade de clicar em um anúncio do facebook, mas pode encontrar o mesmo no Google Ads.

O mesmo vale, e é muito comum, no mercado de e-commerce. Lojas de menor expressão por vezes não conseguem passar a autoridade necessária para que o consumidor sinta-se seguro para fazer a transação.

Dessa forma, para não perder essas vendas, os responsáveis alocam sua loja nos marketplaces (Americanas, Submarino, Extra, etc.). O consumidor, assim, finaliza a compra ao ver uma marca que ele conhece.

Efetividade nas estratégias

Na internet, quanto mais você trabalha, mais resultados você obtém.

Uma das maiores vantagens em utilizar o marketing digital é a capacidade de mensuração das suas ações. Ferramentas, como Google Analytics, Facebook Ads e Google Ads, fornecem informações cruciais sobre seu desempenho.

Dessa forma, com esses dados você pode ter o aprendizado necessário para que você não cometa os mesmos equívocos das últimas estratégias.

Tudo isso ainda é potencializado quando você faz marketing multicanal. Isso porque, dispondo das análises de diversos lugares, você poderá cruzar dados a fim de entender o comportamento da sua persona e achar a melhor solução.

Imagine que você vai veicular 3 anúncios em três canais diferentes. Ao final da sua campanha, por exemplo, você terá claro algumas informações valiosas. Entre elas:

  • Qual o melhor canal para anunciar;
  • Qual a melhor mensagem;
  • Qual mensagem funciona melhor para cada canal.

Marketing Multicanal x Marketing Omnichannel

Grave bem essa mensagem para entender a diferença: Todo marketing omnichannel é também um marketing multicanal, mas nem todo marketing multicanal é uma estratégia omnichannel.

Estar presente em vários lugares torna a sua estratégia multicanal. Entretanto, para que seja omnichannel, ela também precisa integrar a comunicação desses canais.

O marketing omnichannel vai além dos três benefícios citados acima, isso porque ele acompanha toda essa jornada de compra.

Imagine um usuário que indo para o trabalho vê uma propaganda impressa sobre um celular. À tarde ele pega seu smartphone e pesquisa as qualidade do aparelho visto. Por fim, no final do dia, ao acessar seu Facebook, ele vê um anúncio sobre aquele mesmo celular, e finalmente o compra.

Esse é um exemplo simples da jornada do consumidor e de como a comunicação omnichannel pode contribuir que você esteja presente em todas as etapas dela.

Case de marketing omnichannel

A rede varejista Pão de Açúcar há muito tempo já trabalha com marketing multicanais, vendendo em suas lojas físicas, online e app.

Contudo com a intenção de quebrar as barreiras entre o online e o offline, a empresa adotou uma estratégia omnichannel.

A partir do segundo semestre de 2017 a rede criou os “Caixas Express”, caixas com hora marcada.

Assim o consumidor que baixar o app pode, além de verificar os descontos dos produtos, ir às lojas que contam com esse benefício e passar pela experiência de fazer compras no mercado sem pegar nenhuma fila.

Como criar uma estratégia de marketing multicanal

Para criar uma estratégia de marketing multicanal eficiente, é preciso levar alguns fatores em consideração. Veja quatro dicas que vão ajudar você nesse processo:

Conheça sua persona

Não apenas para essa, mas para qualquer estratégia de marketing você precisa definir bem sua persona. Investigue e colete informações do seu público, além das superficiais que você já possui.

Sabendo quais são os canais de preferência, comportamento e costumes da sua persona, você poderá concentrar seu investimento nos locais e mensagens que convertem mais.

Contudo faça isso periodicamente. O ambiente digital é muito dinâmico e com muitas tendências surgindo o tempo todo. Então principalmente para quem vende na internet acompanhe essas mudanças de comportamento que podem exigir mudanças na sua estratégia também.

Segmente sua mensagem

Mesmo coletando o máximo de informação sobre o seu público, você também vai perceber que diferentes canais pedem diferentes mensagens.

O comportamento do consumidor, o que ele espera ver em cada canal e até os algoritmos do meio pode influenciar na sua decisão.

O Facebook, por exemplo, é uma rede social que mostra cada vez mais sua prioridade por vídeos. Assim, compartilhando conteúdo nesse formato seu alcance tende a ser maior do que a média.

Contudo você não precisa criar uma mensagem para cada canal no qual está presente. Adapte na medida do possível de acordo com as preferências para reciclar o mesmo conteúdo e evitar trabalho desnecessário.

Tenha consistência

Uma comunicação bem feita exige consistência. Você não pode criar um anúncio, uma publicação e um blog post de sucesso e parar, isso não vai dar resultados.

Quem pensa em conversões no longo prazo e até em escalar o seu negócio, precisa entender que melhorar seu posicionamento digital exige tempo.

Depois de interagir com você, o público buscará mais conteúdo, produtos ou serviços relevantes. Assim oferecer algo, mesmo que não alcance sempre a qualidade esperada, é uma boa prática para fidelizar.

Pense nisso para todos os canais. Mesmo que você utilize o Facebook ou Instagram para anúncios, mantenha uma frequência de publicações orgânicas para que o usuário veja que você mantém-se ativo na internet.

Integre os canais

Por último, como já dissemos, um bom marketing multicanal é omnichannel.

No marketing digital é muito simples. Você pode contar com Widgets, CTAs, Pop-ups e outras opções para integrar seu blog, com suas redes sociais, com seu e-mail e com todos os outros canais que você utiliza.

Em suas campanhas também. No Facebook Ads, por exemplo, o acesso ao Pixel do Facebook vai ajudar muito a acompanhar o consumidor em sua jornada. Afinal ele que promove a segmentação de acordo com o comportamento do usuário.

Por exemplo: Pessoas que visitaram seu site; que visitaram determinada página; que clicaram em mais de uma página; que adicionam produtos ao carrinho de compras, etc.

Entretanto, embora exista uma maior facilidade promovida pela internet, não significa que seja necessariamente difícil replicar o conceito no ambiente offline. Você pode, por exemplo, promover sua loja virtual oferecendo, para quem visita seu espaço físico, cupons exclusivos para ela.

O segredo aqui é não se limitar, uma boa comunicação exige sua criatividade, então teste, aprenda com os erros e teste de novo.

Qual a importância do marketing multicanal?

A melhor maneira de provarmos a importância do marketing multicanal é mostrando que até o Google está inovando para atender essa necessidade do consumidor digital.

Isso mesmo, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo está se reinventando para que suas campanhas finalmente alcancem toda a jornada de compra.

No Google Marketing Live 2019 – evento anual promovido pela empresa – o maior buscador da internet trouxe o conceito “uma campanha, múltiplos canais”. Para tanto apresentou atualizações e novos formatos de anúncio do Google Ads:

  • Aplicativo do Google Ads: Permitirá criar e editar anúncios de maneira responsiva e recebendo recomendações e notificações por meio do seu smartphone;
  • Novos recursos para campanhas locais: Novo inventário no Google Maps, e a possibilidade da criação dessas campanhas para empresas menores;
  • Discovery Ads: Serão anúncios que aparecerão na página incial do Google mobile, do Youtube e na guia de promoções do Gmail;
  • Anúncios da galeria: Anúncios que serão exibidos na parte superior dos resultados de pesquisa de imagens;
  • Expansão do público: Uma nova funcionalidade da ferramenta permitirá aos anunciantes aumentar o alcance, mantendo o CPA (custo por aquisição);
  • Atualizações do Google Shopping: Mais produtos, bem como a inserção de um carrinho unificado;
  • Atualizações no Smart Shopping: Usuário dos Smart Shopping poderão otimizar suas visitas, exibindo informações no inventário local;
  • Ferramenta Bumper: Uma nova ferramenta criará anúncios Bumper de 6 segundo para o Youtube;
  • Novo controle de lances: Novo controle automático de lances para que os anunciantes otimizem seu orçamento;

E o que muda com isso?

O consumidor já é multicanal e o Google, sabendo disso, está buscando atualizar sua ferramenta de anúncios para que atinja o usuário em todos os canais da plataforma (Gmail, Maps, Imagens, etc.).

Desde o surgimento do Facebook Ads, a segmentação por intenção de busca da palavra-chave mostrou-se insuficiente e, então, o Google Ads passou a promover a segmentação por interesse e comportamento do usuário.

Mas o maior buscador do mundo quer ir além, capturando os clientes em todas as suas fases de compra: consideração, descoberta e conversão.

Mesmo sabendo que não existe abordagem perfeita, com essa estratégia omnichannel o Google espera que novas métricas possam ser melhor analisadas pelos anunciantes. Ou seja, atender todas as necessidades do consumidor em todas as etapas do funil de vendas.

Além disso, essa mudança também vai impactar a relação das agências com seus clientes. Então, você que está procurando por uma, fique atento.

Muitas agências de marketing digital se especializam em uma forma de anunciar – search, display ou shopping. Contudo, para promover uma boa comunicação com seu cliente, é preciso que ela saiba fazer e mensurar todas as campanhas de Google Ads.

Gostou do nosso artigo sobre marketing multicanal e está interessado em mais conteúdo como esse? Clique aqui e curta a nossa página do Facebook para acompanhar todos os nossos artigos.

Plataforma Rotamáxima PS

Ofereça seus serviços e receba pela plataforma.
Contrate o profissional ideal para o seu projeto