Meta Descriptions no SEO são realmente necessários?

A promoção da maioria dos serviços, produtos e informações estão vinculados à internet. Fazer com que seu site, blog ou loja online tenha maior visibilidade é a garantia de seu sucesso. Para quem trabalha com a internet, já deve ter algum conhecimento da técnica SEO, mas você sabe se as Meta Descriptions no SEO são realmente necessários para o sucesso de sua postagem?

Demoramos determinado tempo para transformar o texto das postagens para uma configuração da metodologia SEO.

Muitas vezes nos perguntamos se as Meta Descriptions são realmente eficientes na otimização do mecanismo de busca, se sua escrita é necessária em todos os posts.

Entenda mais sobre o método SEO e descubra quando as Meta Descriptions no SEO são realmente necessárias na estrutura do texto.

Entenda o método SEO

Metodologia SEO

SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de métodos e técnicas que têm como objetivo otimizar o mecanismo de busca.

Ele melhora o posicionamento das postagens do seu site a partir das palavras-chave que o usuário digita na ferramente de pesquisa da internet. Ou seja, a SEO faz que sua página apareça nos primeiros resultados. (Confira nosso post sobre os fatores de ranqueamentos de SEO 2018).

Quando você faz uma pesquisa no Google, acaba clicando no primeiro site que aparece, não? Entende como a posição do site na lista de busca é extremamente ligado com a quantidade de visitas que ele irá receber?

Ultimamente é comum confundir os resultados pela busca de páginas com os anúncios de produtos que aparecem em primeiro lugar.

Esses anúncios são links patrocinados e, por isso, aparecem em primeiro lugar quando digitamos algo como “sofá” na ferramenta de busca.

Títulos da página, Meta Descriptions, palavras-chave, Domínio, URL do arquivo e links externos são alguns dos itens mais comuns utilizados na técnica SEO.

Além disso, a estrutura do texto também é estipulada, como número de parágrafos, quantidade total de palavras e em cada parágrafo, etc.

As Meta Descriptions são uma espécie de chamada enfática que resume o artigo a ser apresentado.

Ela deve ser única, criativa e seu conteúdo deve relacionado ao conteúdo da página acessada.

Razões para você não querer escrever as Meta Descriptions

Há quem diga que as Meta Descriptions no SEO não são realmente necessárias e explicam seus argumentos para a ideia.

O primeiro deles é que o Google está mudando constantemente a maneira como apresenta os resultados da pesquisa.

Por exemplo, a empresa mudou o limite dos caracteres de 150 a 165 para 260-275 caracteres sem o menor aviso prévio. Com isso, as publicações feitas no antigo modelo foram prejudicas no mecanismo de busca.

Dentro de 6 meses, a empresa Google retornou ao antigo modelo de limite de caracteres.

Ou seja, se os textos não apresentassem as Meta Descriptions, os sites que escreveram com os limites inadequados não seriam afetados.

Outro fator é que todas as organizações têm recursos limitados. O Google recomenda que todas as páginas contenham a Meta Descriptions, mas também afirma que o uso da tag é de leve influência.

O Google geralmente escreve seu próprio snippet de descrição mesmo que você se dê ao trabalho de criar a Meta Descriptions.

De acordo com um estudo realizado pela Yoast, a empresa usa as palavras do primeiro parágrafo, e não da descrição, para criar o snippet. Ou seja, é melhor se dedicar a primeiro parágrafo invés de fazer a descrição.

Outra coisa extremamente relevante é que nem todas as páginas são importantes para SEO. Há sites com milhões de páginas e mesmo assim não geram um trágefo significativo de pesquisa. As Meta Descriptions não possuem potencial suficiente para que as palavras-chave sejam realmente efetivas.

O conselho é diferenciar as postagens que precisam ou não da descrição e utilize-as apenas quando necessário.

Quando é aconselhável acrescentar uma Meta Descriptions

Acrescentar Meta DescriptionsDefendendo o outro lado da moeda, apresentaremos a você em quais situações as Meta Descriptions no SEO fazem diferença no alcance da postagem. A Página inicial é a parte mais chamativa do seu site. Dedicar-se a criar uma boa descrição faz, sim, diferença.

Essa necessidade aumenta quando a página inicial não possui muito texto ou informações, apenas conexões para outros links.

Se seu site é comercial, por exemplo, a Meta Descriptions pode ser a chamada atrativa que o cliente precisa para se sentir interessado.

As páginas de produtos e categorias também merecem mais atenção na descrição, já que elas são essenciais para o sucesso das vendas.

As Meta Descriptions podem ser realizadas apenas no conteúdo que está sendo visto no Google. Ou seja, se apenas 10% das suas postagens estão gerando tráfego de pesquisa, se concentre na descrição apenas desses posts.

Também é válido investir quando o objetivo é melhorar as descrições de páginas com um volume de impressões significativo. São as páginas encontradas em “pesquisas naturais” mas que não possuem conteúdo.

Como exemplo são os sites que exibem vídeos, testes, jogos e coisas do gênero. O objetivo deles não é discursar sobre uma ideia, então a quantidade de texto é mínima. Nessa situação, as Meta Descriptions fazem a diferença.

Saber quando ignorar alertas, práticas recomendadas e diretrizes

No mundo ideal dos profissionais que trabalham com a metodologia SEO, todos os textos, independentemente do assunto ou de sua função, deveriam conter as Meta Descriptions na estrutura do texto.

Porém, sabemos que no mundo real isso não acontece. Sabemos que criar as descrições é algo trabalhoso e que demanda muito tempo, normalmente há muitos textos a serem produzidos.

Além disso, há também o tempo que se perde alterando as Meta Descriptions para melhorar o desempenho da matéria.

Muitas vezes as descrições não resultaram em resultados extremamente diferenciados nas pesquisas, e sua colocação não é relevante.

E quando você está realizando uma postagem desse tipo, talvez, incentivar o próprio Google a criar snippets valha mais a pena. A promoção não será afetada e ainda há economia de tempo.

Antes de elaborar um texto com a técnica SEO, analise se a Meta Descriptions no SEO será realmente necessária e se ela, de fato, irá afetar o mecanismo de pesquisa e dará preferência ao seu site!



Mais de Rotamáxima Marketing Digital