Como reduzir a taxa de rejeição de um site?

Spread the love

Como diminuir a taxa de rejeicao

A taxa de rejeição, de forma simples, é a porcentagem de visitas que o usuário sai de seu site sem visitar nenhuma outra página.

Pretendemos abordar neste artigo uma das métricas mais importantes na otimização da conversão de seu site, a taxa de rejeição. Isso porque quando a taxa de conversão de seu site está baixa o usuário não está completando nenhuma ação ou objetivo que você determinou. Observando a taxa de rejeição do seu site é possível obter insights para otimizar o engajamento dos usuários e por consequência, aumentar a taxa de conversão.

Trabalhar o engajamento do usuário é uma das diretrizes mais valorizadas do Google e dos profissionais de SEO. As visitas únicas farão pessoas conhecerem o seu site já as visitas recorrentes trarão conversões.

Como o Analytics calcula a taxa de rejeição?

O Google Analytics calcula a taxa de rejeição de duas maneiras, taxa de rejeição da página e taxa de rejeição do site.

Taxa de rejeição da página = Total de usuários que saíram da página/Total de usuários que entraram na página

  • Saídas são definidas como o número de visitas de páginas únicas resultado de uma página em que apenas uma solicitação foi feita para o servidor do Analytics.
  • Entradas são definidas como o número de visitantes que entraram em seu site pela página.

Taxa de rejeição do site = Total de usuários que saíram ao longo de todas as páginas do site/Total de usuários que entraram ao longo de todas as páginas do site

Funcionamento do Google Analytics e a taxa de rejeição

Google Analytics

O Google Analytics grava dados desde a entrada e saída da página até as interações sociais que são feitas no site. Toda vez que uma pessoa entra no site, o código do Google Analytics solicita um arquivo que enviará os dados para o servidor do Google contendo as interações com o site, likes e shares, tempo de permanência, etc.

Portanto, todos os dados dos usuários que são obtidos no Analytics pelo site é feito através de um código que envia para o servidor do Google. Esse código chamado de GIF, consegue gravar as seguintes interações nos sites:

  • Dados de visualizações de página (visitas, tempo de permanência, etc)
  • Dados de E-commerce (ID de transação, código do item, etc)
  • Interações Sociais (Likes e shares do Facebook, +1 do Google, Tweets, etc)
  • Detalhes de eventos (Cliques em botões, cliques em links externos, etc)

Além do código do Google Analytics, os códigos de E-commerce, Interações Sociais e Detalhes de Eventos também podem solicitar esse arquivo GIF.

O fato dos códigos solicitarem o arquivo GIF tem uma grande conexão com a taxa de rejeição do site. Isso porque, o Google Analytics conta como uma saída sem interação quando o GIF é solicitado apenas uma vez (GIF de visualização de página) quando o usuário entra no site.

“O fato do GA considerar rejeição como apenas 1 solicitação é muito importante porque, caso haja mais de uma mesma tag do Google Analytics instalada em seu website, haverão 2 solicitações de visualização de página e, portanto, não haverá taxa de rejeição contabilizada.”

Sendo assim, podemos exemplificar alguns casos em não são contabilizados como uma rejeição, como quando o usuário entra em uma página e assiste um vídeo (clique em botão) ou quando o usuário gosta de um artigo em um blog e compartilha com seus amigos (share do Facebook). Isso porque, nessas interações, além da visualização de página, houve mais uma solicitação de GIF.

Como analisar a taxa de rejeição?

Antes de fazer a análise da taxa de rejeição é importante considerar que não há um percentil de taxa de rejeição boa ou ruim. Tudo vai variar de acordo com o tipo de website, setor e propósito, e então, ajustar o conteúdo do seu site de acordo com o indicador da taxa de rejeição.

Os blogs, por exemplo, possuem uma taxa de rejeição maior pois as pessoas costumam ler os artigos seja pelo feed ou pela busca orgânica e sair do site. Entretanto, uma taxa de rejeição muito baixa como 10% pode indicar problemas técnicos do site, como por exemplo, tags duplicadas.

Ao analisar a taxa de rejeição de um site, considere alguns tópicos relevantes como:

Intenção/comportamento do usuário

Procure identificar qual é o comportamento dos visitantes do site, observe os mapas de calor da página e veja o que os visitantes estão procurando no site.

A taxa de rejeição de um site tende a ser alta quando um usuário acessa buscando uma informação e não a encontra.

Outro fator que aumenta a taxa de rejeição é uma experiência de usuário baixa em que o visitante não tem nenhum incentivo para continuar a navegar no site.

Tipo do website

Assim como os blogs tendem a ter uma taxa de rejeição alta, outros tipos de site com uma estrutura similar podem contribuir à uma taxa alta como e, não necessariamente, indica que o site está ruim.

Uma landing page com apenas um formulário de inscrição por exemplo, possui uma taxa de rejeição alta. Em contraposição, um e-commerce tende a uma taxa de rejeição menor.

Tipo e qualidade da Landing Page

O tipo da Landing Page influencia na taxa de rejeição da página, por exemplo, uma página de contato tem uma taxa de rejeição elevada, uma vez que, os usuários estão buscando telefone ou endereço da empresa e quando encontram, saem do site.

A página de eletrodomésticos tem uma taxa menor, já que os usuários estão vasculhando o site a procura de geladeiras, microondas, etc.

Ao mesmo tempo que, uma landing page muito poluída não costumam agradar os olhos dos usuários e por consequência aumentando a taxa de rejeição.

Sites mobile

Com a tendência crescente de usuários de celulares, não é preciso dizer que os celulares em pouco tempo serão a maioria dos usuários online. O Google sabe disso, tanto que otimizações de site mobile passaram a ser um dos fatores de ranqueamento de SEO.

Site Mobile

Portanto, se os dispositivos que acessam o site são celulares e ele não está otimizado para esse público, a taxa de rejeição será maior.

Como diminuir a taxa de rejeição do Google Analytics?

O diagnóstico para reduzir a taxa de rejeição não deve começar com a ideia de saber qual é a taxa de rejeição de seu site. E, sim, estar pautada nos diferentes canais que estão trazendo o tráfego ao seu site.

Diferentes canais trazem taxas de rejeições diferentes, postagens nas redes sociais terão uma taxa de rejeição maior que o tráfego orgânico e pago, por exemplo. Pois, os usuários das redes sociais irão acessar o site pelo link, verificar o conteúdo e voltar para o Facebook, Instagram, etc.

Confira as dicas para diminuir a taxa de rejeição do Google.

Foque nas palavras-chave relevantes em suas campanhas

Seja nas campanhas de tráfego orgânico quanto nas campanhas de PPC como o Google Ads, manter o foco em palavras-chave que são relevantes para o site é a maneira mais simples e efetiva de trazer resultados para as campanhas e para reduzir a taxa de rejeição.

É muito comum encontrar campanhas que estão abordando muitas palavras-chave que trazem tráfego ao site que, porém, não são de qualidade. O resultado disso é um aumento na taxa de rejeição e desperdício de orçamento.

Trabalhe na velocidade do carregamento do site, desktop e mobile

Os visitantes demoram menos de 8 segundos para determinar se gostaram do seu site e ficarão ou vão sair do site. Portanto, o processo de decisão do visitante é muito rápido e caso o site demore para carregar, é muito provável que ele irá sair do site.

O próprio Google possui uma ferramenta para otimização da velocidade do site onde é possível encontrar dicas de como obter a nota máxima da velocidade do site.

Apesar da velocidade de carregamento exercer um papel fundamental na experiência do usuário e diminuindo a taxa de rejeição, o layout do site que traz um conteúdo interativo e atraente também influencia na taxa de rejeição.

Layout

Landing Pages relevantes

O conteúdo que os usuários que estão visitando o site deve buscar responder ao problema que eles possuem. Quanto menor for esse gap entre a intenção de pesquisa e o conteúdo oferecido, mais atraente será esse conteúdo e a chance de engajar o usuário com outros conteúdos do site.

Ajustar a taxa de rejeição do site

Como mencionado anteriormente, o Google Analytics conta como uma rejeição quando apenas um GIF é solicitado. O problema disso é que muitos usuários, principalmente de blogs, consumiram o conteúdo presente na postagem e que porém, não interagiram com nenhum botão, foram para outras páginas, etc.

Isso não deveria ser contabilizado como uma rejeição, pois, o visitante pode ter lido todo texto de uma postagem e saiu do site.

Uma das maneiras de contornar esse problema é instalando um trecho no código do Google Analytics que enviará uma solicitação GIF em um período de tempo, logo, caso o usuário permaneça lendo o artigo por mais de 10 segundos por exemplo, não será contabilizado como uma rejeição.

Para isso basta adicionar o seguinte trecho antes do final </script> do código do Analytics.

setTimeout(“ga(‘send’,’event’, ‘engajamento’,’Tempo na Página Acima de 10 Segundos’)”,10000);

Nesse caso foi configurado o tempo na página de 10 segundos, onde ‘10000’ foi dado 10 segundos em milisegundos. É possível alterar o tempo para 1 minuto, basta alterar o valor de ‘10000’ para ‘60000’.

Logo o código irá ficar da seguinte maneira:

<!– Global site tag (gtag.js) – Google Analytics –>
<script async src=”//www.googletagmanager.com/gtag/js?id=UA-XXXXX”></script>
<script>
window.dataLayer = window.dataLayer || [];
function gtag(){dataLayer.push(arguments);}
gtag(‘js’, new Date());

gtag(‘config’, ‘UA-XXXXX’);
setTimeout(“ga(‘send’,’event’,’engajamento’,’Tempo na Página Acima de 1 minuto’)”,60000)
</script>



Mais de Rotamáxima Marketing Digital

Procurar conteúdo

Eventos

Fevereiro

25fev(fev 25)00:0027(fev 27)00:00Traffic & Conversion Summit

Março

08mar(mar 8)00:0009(mar 9)00:00ProXXIma

08mar(mar 8)00:0017(mar 17)00:00SXSW Conference & Festivals

27mar(mar 27)00:0029(mar 29)00:00Conversion XL Live

Maio

30mai(mai 30)00:0031(mai 31)00:00VTexDay

Agosto

28ago(ago 28)00:0029(ago 29)00:00Expo Fórum Digitalks 2019

Setembro

03set(set 3)00:0006(set 6)00:00Inbound 2019

X