Sua empresa não pode anunciar com a palavra-chave da marca concorrente, e agora?

Os links patrocinados são aqueles anúncios que você acaba encontrando no momento de fazer uma pesquisa. Na maior parte das vezes, eles estão em um formato bem simples de texto, o suficiente para chamar a atenção dos leitores, sem que os faça perder tempo.

Nesse contexto, as palavras-chave também se fazem muito presente quando o assunto é visibilidade. Quando você consegue estar por dentro das pesquisas de um determinado público-alvo, suas chances de ser visto na internet são ainda maiores.

Neste artigo, você vai entender o que a sua empresa pode fazer mesmo sem usar a palavra-chave de uma marca concorrente.

Entenda a prática

O link patrocinado é uma maneira que as empresas encontram de divulgar o seu produto, fazendo publicidade e utilizando de técnicas do marketing digital para alcançar bons resultados. Dessa forma, um anunciante, seja ele pessoa física ou jurídica, consegue veicular determinados anúncios pagos de produtos ou serviços. Esses que, por sua vez ficam expostos nos maiores buscadores da internet.

Um dos modelos mais conhecidos dessa prática de link patrocinado é o de pesquisa, o qual exige a utilização de “palavra-chave”, fazendo uma referência direta aos seus produtos e serviços.

Esse anúncio específico irá aparecer em uma posição mais privilegiada dentro das páginas, atingindo clientes em potencial. Assim, uma grande quantidade de visitações será realizada nos sites.

Inclusive, uma das ferramentas mais utilizadas para conseguir esses resultados é o Google Ads. É válido ressaltar que essa maneira de estabelecer publicidade online não se torna ilegal ou abusiva, pelo menos em princípio.

O que a torna ilegal?

A utilização da palavra-chave acaba por se tornar ilegal quando uma determinada empresa utiliza o nome de sua concorrente como uma espécie de chamariz para os consumidores. Dessa maneira, ela acabou por se aproveitar de uma boa reputação para ganhar mais acessos e, consequentemente, mais vendas.

Sendo assim, todos aqueles que acabaram por se envolver em casos como esse deverão ser devidamente punidos. É extremamente antiético pegar o nome de uma marca que já está há anos no mercado, batalhando por um espaço, apenas para tentar fazer sucesso por cima dela.

Então, é válido ressaltar que a utilização de uma palavra-chave com o intuito de atrair novos clientes não é ilegal. O que torna a atitude errada é usar, de modo inapropriado, o nome de uma concorrente com o objetivo de se promover.

Conheça as novas normas por trás do caso

Atualmente, com todas as revisões que vêm sendo realizadas para que a internet se torne um local cada vez mais democrático, o ato mencionado anteriormente já configura um total desrespeito ao artigo 170, incisos IV e V, da Constituição Federal. Sendo assim, a prática não é autorizada.

Além disso, caso alguma empresa persista em fazer a utilização indevida de uma marca concorrente, é possível alegar que ela está rechaçando a livre concorrência e atingindo, diretamente, a defesa do consumidor. Quem for pego fazendo isso, terá as devidas punições, agora previstas em lei.

Por que é errado?

O que acaba por tornar a prática ilegal é, justamente, a caracterização de concorrência desleal, desvio de clientela, bem como enriquecimento de forma ilícita, desrespeito total ao consumidor, fazendo com que ele seja induzido ao erro. Em patente ofensa ao artigo 195, inciso IV da Lei de Propriedade Intelectual, bem como aos artigos 4º, inciso IV, do Código de Defesa do Consumidor.

Aquele resultado que foi procurado pelo consumidor acaba por não ser o que se esperava, causando uma violação de expectativa por meio de ação enganosa, que está prevista no artigo 37, parágrafo 1º do Código de Defesa do Consumidor. Sendo assim, o caso é visto como “concorrência parasitária”.

Quando começou?

Diante da Lei nº 12.965/2014, que foi vigorada em 23 de junho de 2014, o “Marco Civil da Internet” passou a delimitar deveres e responsabilidades que podem ser exigidos dos prestadores de serviços, além de definir o papel específico a ser exercido pelo poder público.

Dessa maneira, ficam protegidos por Lei os dados pessoais, o comércio eletrônico, os crimes cibernéticos, a propriedade intelectual, a governança da internet e a regulação da atividade dos centros públicos de acesso à internet. Os links patrocinados entram na categoria de “propriedade intelectual”.

Com a questão da virtualização das novas gerações, a comunicação por meio digital, principalmente pela internet, acaba por se fazer extremamente necessária. Dessa maneira, os reflexos do direito devem chegar até a propriedade intelectual, principalmente quando o uso é indevido ou não autorizado de obras.

Na maior parte dos casos, o juiz deverá analisar a situação. A punição mais comum é uma multa, de acordo com os prejuízos que foram causados a uma determinada marca. Dessa maneira, é possível “amedrontar” aqueles que estão mal intencionados dentro do meio digital, evitando que casos como esses voltem a se repetir.

Boas práticas para escolher as melhores palavras-chave no Google Ads

Se você estava pensando em utilizar as palavras-chave como uma forma de atrair mais pessoas para o seu domínio, calma que isso ainda é possível. Existem algumas ferramentas que estão disponíveis, justamente, para te ajudar com essa questão. Por meio delas, é possível iniciar uma boa prática no Google Ads.

São algumas ferramentas:

  • Google Keyword Planner;
  • SEMrush;
  • Keyword Tool;
  • Spy Fu;
  • Moz;
  • Wordstream.

É sempre bom lembrar que a palavra-chave é de extrema relevância para aumentar a importância do seu site. Se ela for bem utilizada dentro do texto e, principalmente, bem trabalhada, as suas chances de aparecer nas primeiras páginas de busca são muito maiores.

Na maior parte dos casos, quando você consegue escolher boas palavras-chave, as possibilidades de atrair um novo público-alvo é bem maior. Por isso, as chances de aumentar o volume de vendas e tráfego no site crescem gradativamente.

Está pensando em tirar as suas ideias do papel, mas ainda não sabe como? Calma que o Rotamáxima pode te ajudar a chegar no topo das pesquisas. Com uma equipe extremamente competente e disposta, podemos crescer lado a lado.

Plataforma Rotamáxima PS

Ofereça seus serviços e receba pela plataforma.
Contrate o profissional ideal para o seu projeto