Facebook Ads: Quais as vantagens de anunciar no Facebook?

Se você está lendo este artigo, você já deve saber que o Facebook é uma das redes sociais mais acessadas e tem ideia de que ele pode ser uma excelente ferramenta de marketing digital. Mas talvez, não tenha certeza que tipos de vantagens, importância que o Facebook Ads pode trazer para o seu negócio.Facebook

Porque assim como a publicidade tradicional, o meio online tem muitas possibilidades diferentes e algumas, são mais adequadas para o seu interesse específico.

Em geral, a ideia é sempre a mesma: atingir um público-alvo bem segmentado, de acordo com o seu tipo de negócio e claro, a baixo custo.

E quando uma campanha online é bem produzida e direcionada, o retorno sobre o investimento é infinitamente maior que qualquer outro tipo de anúncio.

Plataformas como o Facebook Ads são conhecidas por serem acessíveis e isso é inteiramente verdadeiro, mas, barato, não é a mesma coisa que “de graça”.

Porque uma campanha mal planejada, pode custar relativamente pouco, mas, não trazer nenhum novo cliente, nem chamar atenção para a sua marca.

Ou seja, é preciso conhecer bem o meio, tanto para saber se é lá que seu público está, quanto para saber construir suas mensagens e direcioná-las.

Então, vamos começar pelo básico, para que você saiba exatamente o que é o Facebook Ads e também, porque pode ser a melhor opção para você.

Já ouviu falar em Facebook Ads?

Como usuário, você tem algum conhecimento do Facebook, mas, conhece a ferramenta? Sabe como ela funciona?

Sabe porque é tão vantajoso montar uma estratégia de marketing por lá? Porque é a melhor ferramenta de segmentação de público que existe no mercado.

Quer conferir? Entre no seu perfil e repare nos anúncios que já recebeu. Quantos parecem ter adivinhado do que você gosta? Quantos você não entende porque estão lá?

Pode ter certeza do seguinte: os anúncios pelos quais você tem algum interesse, foram muito bem pensados e direcionados, até chegar em você.

A plataforma é apenas uma ferramenta, cheia de recursos, para que você descubra a melhor forma de equilibrar:

  • O custo de cada anúncio e da campanha como um todo;
  • O investimento na produção e adequação dos conteúdos para o público-alvo;
  • E a taxa de conversão dos anúncios.

Pode parecer um pouco complicado a princípio, mas, pense da seguinte forma: você saberá quanto gastou para fazer um único anúncio, chegar em uma única pessoa.

Se esta pessoa se converteu em um seguidor da sua página (lead), ótimo, senão, o que aconteceu?

Seu anúncio não era bem produzido? Poderia mudar algum detalhe para deixar as vantagens de seu produto mais claras? Ou, simplesmente, precisa definir melhor para quem os próximos deverão ser entregues?

O Facebook Ads nada mais é do que uma ferramenta que te permite criar os anúncios, dizer para quem entregar e depois, te fornece dados para responder estas perguntas.

Mas, vamos começar pelo que você, provavelmente, quer saber primeiro.

Quanto custa anunciar no Facebook?

Custo Facebook Ads
Esta pergunta tem uma resposta simples e ao mesmo tempo, complicada, porque, na verdade, custa quanto você quiser que custe. Uma grande campanha, com vários formatos de anúncios e segmentações diferentes, por exemplo, pode custar milhares de dólares.

Na plataforma de anúncios é possível determinar quanto você deseja gastar por dia com sua campanha. Assim, o Facebook busca quais são os públicos mais próximos à segmentação que você determina no seu grupo de anúncios e vai distribuindo o seu orçamento durante o dia. Um dica é não colocar um orçamento muito alto em um curto período pois, o algoritmo da plataforma vai arrumar um jeito de consumir todo seu orçamento diário, dessa forma, ele vai buscar abranger cada vez mais sua segmentação tornando-a menos assertiva.

Formas de cobrança

Existem muitas variações, mas, de forma geral, é feita por clique (a mais comum, chamada CPC), por ação (CPA) ou por número de “impressões” (CPM).

No Facebook, normalmente, lidamos com os anúncios por número de impressões e portanto, o que vale é o chamado CPM (custo por mil), que significa o número de vezes que o sistema entregou o seu conteúdo.

Depois, seguindo os resultados dos primeiros anúncios, você terá dados para otimizar estas “impressões”, focando em cliques, likes, compartilhamentos ou, o que for mais adequado para a sua campanha.

  • Estratégias de campanha

A maioria dos anúncios que chegam as páginas pessoais, não tem a intenção de vender alguma coisa diretamente, mas, chamar a atenção para uma marca ou produto.

A ideia é adquirir seguidores (leads) que podem se tranformar em clientes, mas, existem várias formas de se fazer isso e portanto, cada forma tem impacto maior ou menor no custo.

Uma estratégia agressiva, pode se orientar para um público (audiência) muito grande e assim, custará mais caro, ainda que existam otimizações para obter melhores resultados.

Uma estratégia mais contida, pode estar focada em uma audiência muito específica e portanto, terá uma custo mais baixo, porém, não menos efetivo, se este for o seu objetivo.

  • Tamanho da audiência

Para terminar, como ficou claro no tópico anterior, é óbvio que se o custo está ligado a quantidade de impressões, cliques ou ações, quanto maior o número de pessoas atingidas, maiores os possíveis custos.

Por isso falamos anteriormente em equilíbrio de fatores, porque o custo é relativo aos resultados ou, ao retorno sobre investimento.

Como dissemos no início, 50 reais pode parecer pouco dinheiro, mas, se você investir isso e não obtiver resultados, é apenas desperdício.

Da mesma forma, 5 mil reais pode parecer muito, mas, se trouxer uma nova base de clientes em potencial, com ferramentas para medir a taxa de conversão, pode se tornar um bom investimento.

Mas, nós podemos traduzir tudo isso em um exemplo prático, para que fique mais claro, porque, independente do custo, o que importa é o retorno.

Por quê anunciar no Facebook? Quais as vantagens?

Entender as vantagens do marketing digital pode exigir um contexto, então, vamos imaginar uma negócio pequeno, simples e que qualquer pessoa poderia ter, como um food truck, que:

  • Primeiro: pressupõe um tipo de cardápio segmentado, gourmet.
  • Segundo: é móvel, podendo estar em vários lugares em dias diferentes.
  • Terceiro: pode não ser tão caro, mas, também não é para todo mundo.
  • Quarto: depende da disposição das pessoas em experimentar coisas diferentes.

Dá para pensar em outras características, mas, vamos nos fixar nestas. O que o Facebook Ads tem a oferecer neste caso?

  • Primeiro: seu cardápio é composto de comida mexicana apimentada?

O sistema é capaz de direcionar anúncios apenas para os usuários mais propensos a gostar deste tipo de comida, pelos seus padrões de interesses, curtidas e comentários.

  • Segundo: estará em três cidades diferentes na mesma região, em uma semana?

É possível criar uma campanha específica, com duração de apenas uma semana, direcionada aos usuários que podem gostar de comida mexicana, apenas naquela região.

  • Terceiro: sua comida é boa, mas, muito cara?

Separe sua audiência por faixa de renda, porque até isso o Facebook sabe, a partir de padrões de consumo e interesses perceptíveis dos usuários. Ou, porque informaram a faixa de renda durante o cadastro.

  • Quarto: se segmentar tanto, sobra apenas meia dúzia de gatos pingados?

Crie uma outra campanha, mais genérica, focada apenas em divulgação de baixo custo, para pessoas dispostas a experimentar coisas diferentes, ou qualquer outra segmentação que lhe venha a mente.

Imagine qualquer tipo de negócio, de qualquer tamanho e faça o mesmo exercício que acabamos de fazer: funciona do mesmo jeito.

Mas, vamos falar um pouco mais sobre os diferentes anúncios possíveis.

Quais são os tipos de anúncios do Facebook?

Se o exemplo anterior foi bom, você entendeu claramente que os anúncios nos Facebook Ads, podem ter objetivos diferentes dentro de uma mesma campanha.

O Facebook permite formatos de anúncios em Foto, Carrossel, Apresentação Multimídia, Coleção, Messenger. Você pode ver alguns exemplos de anúncios na imagem abaixo:
Formatos Facebook Ads
Vale ressaltar que o facebook recomenda que o tamanho das imagens sejam 1200×628 pixels. Além disso, o título deve conter 25 caracteres, texto com 90 caracteres e a descrição 30 caracteres. Você pode conferir no próprio site do facebook as especificações de anúncios.

Os anúncios em foto permitem que sejam utilizadas até 6 fotos para apresentar a seu anúncio. Nele você pode adicionar um texto acima da foto fazendo uma breve apresentação do seu produto/serviço. Também é possível adicionar um título no anúncio e uma breve descrição.

Anúncios em carrossel permitem que imagens e vídeos sejam disponibilizados em forma de carrossel. Esse anúncio é interessante para anúncios de vários produtos e serviços já que é possível mostrar diversas imagens em um só anúncio.
Apresentação em multimídia é um formato que permite que seja feito um anúncio de vídeo em loop utilizando até 10 imagens como se fosse uma apresentação em powerpoint.

O Facebook lançou em Março de 2017 o formato em coleções em que é possível anunciar uma imagem ou vídeo enfatizando a empresa e os produtos/serviços logo abaixo, permitindo que o usuário navegue sob os produtos.

Por último, o Messenger ads são anúncios que ao serem clicados podem direcionar para o site da sua empresa ou ainda abrir uma conversa direta com sua empresa, assim, é possível conversar diretamente com a pessoa no momento em que ela mostra interesse!

O que é o Power Editor?

Power Editor

Você já entendeu o básico do Facebook Ads e sabe que é uma alternativa de baixo custo, com possibilidade de bom retorno.

Mas, também percebeu que existem muitas técnicas e variações e além disso, pode precisar gerenciar várias campanhas.

É para isso que serve o Power Editor, para editar e acompanhar os resultados dos seus anúncios.

Mais do que isso, para que possa visualizar as diferentes taxas de conversão entre eles e novamente, vamos recorrer a um exemplo simples.

Digamos que você tem uma empresa de limpeza de piscinas. Se compreendeu bem os exemplos anteriores, precisa definir seu público-alvo (audiência).

Algumas coisas são óbvias, como pessoas que tem piscinas, mas, outras, nem tanto, como quem contrata este tipo de serviço, homens ou mulheres?

Se forem os dois, devem existir anúncios diferenciados para cada gênero? É só um exemplo básico, mas, serve para lembrar porque pode ser útil criar anúncios diferentes dentro de uma campanha.

Então, digamos que você definiu faixa de renda, idade e região da sua audiência, mas, não tem certeza se deve separar homens e mulheres.

A resposta lógica é criar um anúncio geral, outro para homens e um terceiro, para mulheres e acompanhar os resultados, para comparar os resultados.

O que o Power Editor faz por você, é faciltar a criação destes anúncios variantes, controlar sua publicação e ajudar a avaliar seus resultados.

É uma ferramenta indicada para o gerenciamento de campanhas diversificadas e complexas, que pode ser útil no futuro breve.

Por outro lado, nesta etapa inicial, tudo que você precisa é definir uma valor mensal máximo que esteja disposto a investir, para experimentar o sistema.

Em pouco tempo, terá certeza que o Facebook Ads é fundamental para seu negócio e encontrará a melhor forma de continuar anunciando.
O post “Como anunciar no Facebook e gerar muitos leads” pode ajudar você a anunciar no Facebook.



Mais de Rotamáxima Marketing Digital