Como gerar tráfego através de conteúdo?

Como gerar tráfego através de conteúdo

A grande maioria das pessoas que trabalham com internet, hoje em dia, trabalha com blogs e sites.

O conteúdo é de fato o que adiciona peso e relevância uma vez que seu site é visitado.

É fato que conteúdo sem promoção é de pouca serventia, uma vez que seu site precisa ser visto para ter seu conteúdo apreciado, mas há mais do que apenas isso para ser destrinchado neste assunto.

No entanto, usando seu conteúdo de forma sábia e aliando-o a uma propaganda bem feita, é inegável que os resultados de marketing digital serão, no mínimo, notáveis.

Pesquisa por Palavra-Chave

keyword

Todo profissional de SEO sabe do que se trata. Todos nós começamos por aqui.

Qualquer conteúdo que visa ser efetivo quando se trata de tráfego abusa da busca por palavras chave.

Isto é um padrão e, por mais que às vezes pareça uma estratégia barata, é impossível fugir dela, mas existem uma série de meios de fazer com que o conteúdo flua de forma natural mesmo com uma série de palavras-chave sendo trabalhadas.

O seu conteúdo tem que ser um misto de material de qualidade com otimização de uso das palavras-chave.

Afinal de contas, para ter acesso, você tem que escrever sobre o que as pessoas estão procurando e a satisfação com a qualidade do conteúdo leva à divulgação e à revisitação.

Por esse motivo que, considerando o processo, você deve a princípio entender o tipo de material que deve gerar.

O conteúdo que você cria deve ser focado em informações que sua audiência procura muito antes sequer de chegar na questão comercial.

Ferramentas e técncias

Facilitaria bastante se você soubesse o que as pessoas tem perguntado por aí sobre o seu tópico de atuação, não é verdade?

E se eu te disser que existe um modo simples e fácil de não só descobrir, como tomar proveito disso?

Ahrefs

Ahrefs

Uma das ferramentas mais conhecidas para tal trabalho é o Ahrefs. Existe uma versão paga com muito mais dados para se levar em consideração, mas a princípio, a conta gratuita é tudo o que você vai precisar.

Ahefs é uma excelente maneira de descobrir o que as pessoas tem perguntado sobre o seu tópico de atuação.

Você pode simplesmente digitar um termo e ver o que as pessoas perguntam sobre ele.

Com algum tempo, digitando pouco a pouco os termos que você aborda, você vai ter uma excelente noção do que é mais procurado em mecanismos de busca sobre o assunto e sobre coisas relacionadas.

Fazendo um estudo destes dados, fica fácil determinar assuntos, conteúdos e palavras chaves que aumentariam o fluxo em seu site.

Além disso, você pode usar o Ahrefs para otimizar o seu site:

Outros usos do Ahrefs

Criando uma conta gratuita e colocando a URL do seu próprio site, você terá acesso a uma série de relatórios.

Com tais relatórios, você pode encontrar as palavras chaves com melhor volume e posicionamento e usá-las na otimização das páginas de seu site que precisam de mais acesso.

A partir disso, é importante revisar e reeditar as páginas uma a uma, considerando todas os dados encontrados.

É importante também usar este processo para fazer edições em páginas mais visitadas, acrescentando links diretos para páginas com menor visitação ou apenas adicionando palavras-chave que aumentarão o fluxo e guiando o fluxo para onde você quer, usando a mesma premissa de dirigir o fluxo com base no interesse de quem chegou até à página.

Considerando tudo isso, e colocando em prática, você também deveria pensar na possibilidade de fazer guest posts e criar um link para a sua página.

Coisas e lugares?

Existem coisas que podem nós ajudar significantemente, mas acabam sendo negligenciadas.

Não costuma ser por mal, mas é difícil entender o valor de certas coisas no SEO sem que tais valores nos sejam ensinados.

Muitas vezes em um site de viagem, “coisas para fazer em” acaba por tomar toda atenção, quando o lugar em si (Paris, Itália, Catacumbas de Roma) são igualmente importantes para atrair fluxo.

Você pode tirar essa lógica de sites de viagem e pensar em localizações de restaurante, por exemplo.

O mesmo vale quando trabalhamos o nome de um objeto invés de “onde comprar” ou “como fazer”.

Aplicando essa lógica, definitivamente é capaz de se fazer um trabalho eficaz com palavras-chave.

Especialmente quando esse trabalho é guiado por uma ferramenta como o Ahrefs.

Estrutura do site

site estruturado

 

Quando o assunto é definido e as palavras-chave foram encontradas, está na hora de começar a estrutura.

Neste ponto, as coisas se tornam relativamente mais fáceis em comparação ao quesito anterior, mas ainda é necessário atenção para otimização.

Textos, obviamente, devem ser fáceis de digerir. Torná-los fáceis de ler, com um senso de ritmo e simplicidade é essencial. Especialmente se comparado com os textos de seus competidores. A ideia é que seus textos sejam mais fáceis de ler e ainda assim, destrinchem melhor o assunto.

Quanto ao tamanho dos artigos, o contexto pode mudar bastante qual é o melhor número de palavras.

O ideal é você dar uma olhada na concorrência, especialmente quem estiver em altos rankings na primeira página, e ver como eles estruturam os textos.

Se você achar que consegue fazer ainda melhor, não se contenha.

Além de tamanho, é bom se preocupar com outras questões da estrutura.

Menu Interno e Subdivisões Claras

Esta fica para o caso de você ter um artigo incrivelmente longo.

Um artigo incrivelmente grande deveria ter subdivisões para os muitos tópicos abordados.

Tais divisões devem ser extremamente claras.

Uma vez que você tenha tudo feito corretamente, divida uma espécie de índice no começo da página.

Uma série de links no início da página deveriam levar o leitor diretamente à parte que ele quiser do artigo.

Experimente ver como a Wikipedia faz isso em seus artigos, por exemplo.

É prático, simples e extremamente útil.

Introdução ou Resumo?

O ideal é começar sempre com uma visão geral do assunto.

Informações sobre concepções, generalizações, objetivo do artigo, etc.

Este texto provavelmente vai ser o primeiro contato dos buscadores com sua página, portanto deixe bem claro que você tem o que eles procuram.

Títulos e Subtítulos

Esta é bem simples e ainda assim, erroneamente utilizado.

Quebre seus assuntos usando corretamente os Headings.

O título principal (H1), o subtítulo (H2), as divisões do subtítulo (H3) e etc.

Por exemplo, você pode falar sobre Livros de Terror (H1), Livros Famosos (H2) e citas os livros e explicá-los (H3), repetindo o processo com livros desconhecidos (H2) e dividindo com o nome dos livros (H3).

Não é um conceito complicado.

Conteúdo de Qualidade

conteúdo de qualidade

Não deveria ser necessário afirmar algo assim, mas o seu conteúdo, antes de mais nada, deve ser bom.

Qualidade fala por si só e gera recomendações.

Com recomendações, aumenta o fluxo, com aumento do fluxo, há melhoria no ranking, com melhoria no ranking há maior exibição que por fim, aumenta ainda mais o fluxo.

Uma vez que seu site comece a aparecer mais, certifique-se de que o volume vai continuar aumentando daí pra frente.

Se esforce ainda mais. Melhore ainda mais e veja tudo crescer junto com seu esforço.

Revisite suas páginas, reavalie o conteúdo e estude o que pode mudar e por que motivo que você quer seu site sendo visitado.

Edite, melhore, corrija e delete.

Este trabalho é uma constante de evolução e adaptação, mas o objetivo é sempre o mesmo.

Você quer que quem tenha visitado seu site se sinta realizado, como se tal informação não pudesse ser encontrada de forma tão simples e fácil de entender em nenhum outro lugar.

Por fim

Seu objetivo é transformar os visitantes que buscam informações em pessoas que vão te trazer algum lucro de alguma forma, como comprando um produto ou serviço.

É muito provável que quem busca informações está pesquisando para fazer uma compra futura e se você consegue usar estes artigos em seu site para explicar o valor de sua marca, ótimo!

Eles vão associar qualidade à marca.

Apesar de conversão ser um assunto diferente, não há dúvida de que conteúdos de qualidade e bem estruturados causam uma reação positiva, facilitando a conversão.



Mais de Rotamáxima Marketing Digital