Palavras-chave: O guia completo para você escolher as melhores

A partir do momento em que sua empresa está inserida no ambiente digital, é preciso ter em seu planejamento um conceito muito bem definido: as palavras-chave.

Escolher as palavras-chave adequadas ao seu negócio, ou às suas estratégias digitais, é o fator chave que pode destacar sua campanha ou conteúdo em meio a tantos concorrentes presentes na internet.

Se você ainda não conhece ou simplesmente não sabe como fazer pesquisas de palavras-chave, você está deixando de aproveitar uma das melhores ferramentas que o marketing digital tem a oferecer.

Mas não se preocupe! Neste artigo, você verá a definição, exemplos e muito mais para você começar a aumentar o seu alcance e presença online.

O que é Palavra-chave?

Uma palavra-chave – composta por uma ou mais palavras – representa a busca feita na internet. Sendo assim, é o principal elemento de pesquisa para que o usuário sane suas dúvidas e/ou necessidades.

Na prática, ao digitar “como emagrecer” no Google, ointernauta está buscando respostas referentes a essa palavra-chave.

A definição é basicamente essa, não existe muito segredo. Entretanto, apesar de simples, elas assumem papel fundamental para as empresas que querem atingir seu público.

Anunciar na internet é como pescar. E pescar é simples, basta colocar a isca no anzol e afundar na água certo ? Errado. A internet assim como o rio é temperamental. Vá a um ambiente de pesca e observe, nem todos conseguem pegar bons peixes. Assim como, apenas colocar saldo na conta Google Ads não lhe garantirá automaticamente bons leads. Pode até ser que o novato no pesqueiro dê sorte, mas dificilmente alguém sem experiência e habilidade manterá resultados consistentes no longo prazo.

A importância das palavras-chave

Como as palavras-chave representam as buscas, elas tambémindicam a intenção do consumidor digital.

Para um usuário, as palavras-chave são utilizadas para obter respostas às suas dúvidas. Já para as empresas, retratam exatamente quais são os principais questionamentos da sua audiência.

Pense novamente na palavra-chave “como emagrecer”.

Ao digitá-la, o Google disponibilizará a você artigos,vídeos ou outros formatos de conteúdo que respondem exatamente à sua dúvida.

As empresas, por sua vez, buscam entender quantas pessoasestão fazendo essa pesquisa para, enfim, criar tal conteúdo que é exibido nosbuscadores.

Portanto é justamenteaqui que entra a importância das palavras-chave. Afinal, todo planejamento paraaumentar a sua visibilidade online deve ter elas como base.

Contudo, antes demostrarmos boas práticas para a pesquisa, entenda o papel das palavras-chave napesquisa orgânica e na paga.

Palavras-chave napesquisa orgânica

Estar bem posicionado nos resultados orgânicos dos buscadores é um grande passo para gerar um tráfego recorrente e, por consequência, aumentar sua autoridade digital.

Em teoria, são inúmeros fatores de ranqueamento consideradospelo Google, ninguém sabe ao certo quantos.

Já na prática, sabemos que para elaborar uma estratégia deSEO é preciso conteúdo. Mas não qualquer um, conteúdo de qualidade e otimizadopara determinada palavra-chave.

Afinal, antes de exibir sua página, os robôs de buscaprecisam interpretar qual questionamento do usuário ela responde.

Como otimizar seuconteúdo para determinada palavra-chave?

Um conteúdo otimizado segue algumas recomendações para indexardeterminada palavra-chave, entre elas:

  • Inserir a palavra-chave ao longo do texto

Produtores de conteúdo para SEO recomendam inseri-la no título, em pelo menos um subtítulo, no primeiro e no último parágrafo e, por fim, algumas vezes no corpo do texto, mas sem exageros. A densidade, embora não seja mais um fator crítico, ajuda o seu leitor a entender sobre o que se trata o artigo e por consequência ajuda o Google a ter o mesmo entendimento.

  • Nas Meta tags

As meta descrições e títulos não são considerados fatores de ranqueamento. Apesar disso, são de extrema importância.

Elas são exibidas nos resultados dos buscadores e também são exibidas nas “previews” das redes sociais. Dessa forma, quando bem escritas, podem aumentar a sua taxa de cliques.

  • NaURL

Atualmente (2019) URLs amigáveis interferem relativamente menos no posicionamento dos buscadores. No entanto, principalmente por indicar do que a página se trata, costuma melhorar a experiência do usuário.

Palavras-chave napesquisa paga

Assim como nas estratégias de SEO, nas campanhas de GoogleAds as palavras-chave também desempenham papel fundamental.

Aqui pense nas palavras-chave como um espaço publicitário. Oanunciante faz a pesquisa e “compra” alguns desses espaços para que seusanúncios sejam exibidos sempre que o for feita determinada busca.

Logicamente que nem sempre seu anúncio será exibido, visto que existem os fatores de ranqueamento relacionados à qualidade do site e do orçamento utilizado.

Mas, no geral, a ideia é essa. Escolher palavras-chave a fim de participar do leilão promovido por você e seus concorrentes do Google Ads.

Como escolher aspalavras-chave para seus anúncios?

Os anúncios do Google Ads exibidos nos resultados de buscasão pagos por clique. Ou seja, sempre que o usuário entrar em seu site vocêserá cobrado de acordo com o lance que você deu por determinada palavra-chave.

Entretanto boa parte daqueles que trabalham com marketingdigital possuem orçamentos limitados. Nesse cenário, o certo a se fazer ébuscar o máximo de eficiência para direcionar sua verba para palavras queconvertem.

Quer saber como? 

O Google Ads oferece termos específicos da plataforma paravocê posicionar bem seus anúncios.

Veja tudo sobre eles em: Comodescobrir as melhores palavras-chave para o Google AdWords

Tipos de palavras-chave

Antes de partirmos àpesquisa ainda é importante prestar atenção nos tipos de palavras-chave. Sãoapenas dois, mas com certeza o entendimento sobre eles permitirá escolheraquela que atenda o seu caso.

Head Tail

Head Tail são palavras-chavemenores que representam termos de buscas mais gerais. Portanto é por meio delasque a sua empresa deve ser capaz de desenvolver suas ideias e conteúdos.

Em linhas gerais, essaspalavras têm uma ou duas palavras, descrevendo um nicho de mercado. “Moda”,“Marketing digital” e “Poker” são exemplos de head tail.

O volume de busca dessaspalavras é extremamente alto, por outro lado elas também se tornam as maisconcorridas. Para ranqueá-las nas primeiras posições é preciso produzir umconteúdo acima da média.

Long Tail

Long tail ou cauda longa é um termo criado por Chris Anderson, e pode ser usado como analogia à palavras-chave mais específicas e, portanto, com volumes menores de busca que, em tese, também são mais fáceis de ranquear.

Veja o exemplo a seguir.

Veja a primeira imagem,na qual o usuário pesquisa por “Poker”. Aqui, assim como a palavra osresultados também não são específicos. Como você pode ver há conteúdos paradicas, regras e também sites para jogar poker.

Já, ao pesquisar “Comojogar poker”, percebemos que os resultados de busca respondem exatamente àintenção de busca.

Portanto você deve saber:quanto mais longa for a palavra-chave, mais qualificado será o tráfego do seusite. Isso porque usuários que buscam por esses termos, estão procurando conteúdose respostas específicas.

Principais erros ao fazer a busca de palavras-chave

Ignorar cauda longa

O aumento de tráfego é o desejo da maioria que estáproduzindo conteúdo online. Nesse cenário, ranquear para palavras head tailpode ser a grande meta para atingir esse propósito.

Porém, quando você não considera as palavras long tail, achance de ranquear em pouco tempo é baixa. Se você está trabalhando só compalavras-chave head tail saiba que é comum não ver resultados mais expressivosdurante meses.

Quando alguém digita“como emagrecer”, por exemplo, a dificuldade para ranquear é grande. Assim,apesar do alto volume, dificilmente você trará novos visitantes em pouco tempo.

Entretanto, se a pesquisafor “como perder 10 kilos em 7 dias” (que possui um volume bem menor) é naturalque você tenha menor trabalho para ranquear e ainda consiga novos visitantes nocurto prazo.

Desconsiderar aintenção de busca

A intenção de busca éoutro atrativo das palavras cauda longa.

São incontáveis anúncios,textos e outros conteúdos disponibilizados pelos motores de busca. Por isso,uma vez que você não entrega aquilo que o cliente espera, ele parte para oconcorrente.

Alguém que irá divulgarsua agência de marketing digital, por exemplo. Ao escolher a palavra “marketingdigital”  no Google Ads, provavelmentenão terá um bom retorno em suas campanhas.

Já ao selecionar “agênciade marketing digital”, por mais que seja uma palavra com um custo por cliquemais caro, terá um melhor retorno.

Isso acontece porqueanteriormente não podemos concluir se intenção do usuário é consumir umconteúdo educativo ou contratar serviços na área.

Ser muito específico

Enquanto muitas pessoasignoram as palavras-chave long tail, outras são específicas demais. E, apesar depalavras-chave maiores e mais nichadas ranquearem mais fácil, é preciso saberaté onde sua audiência quer chegar.

Termos muito específicos,técnicos ou frases muito longas realmente levarão você às primeiras posições empouco tempo. Mas a pergunta que você deve fazer aqui é: será que o meuconsumidor faz essa pesquisa?

Não verificar se hásazonalidade

Um dos grandes equívocosde quem está buscando uma palavra-chave para seu conteúdo é desconsiderar astendencias de busca dos usuários.

Termos sazonais, como eventos que acontecem emperiodicamente, tem apenas um pico de buscas. Dessa forma, escrever seus textosbaseados nessas palavras pode ser um tiro no pé.

“Black Friday”, “Copa do Mundo” são alguns exemplos de assuntos que tem a audiência multiplicada no período em que ocorrem.

Opte por palavras que permitam você criar conteúdo Evergreen. Isto é, que podem trazer um tráfego recorrente e constante para o seu site não “morrer” fora dos períodos sazonais.

Como é possível encontrar as palavras-chave certas para você?

Defina bem seuobjetivo

O primeiro passo para encontrar a palavra-chave ideal parasua estratégia é ter seu objetivo bem definido.

Feito isso você saberá qual público você quer atingir e tambémsaberá o que eles estão pesquisando na internet.

Por outro lado, principalmente se você estiver oferecendo umproduto ou serviço, focar em palavras-chave cuja intenção é vender não é umaboa ideia.

Tenha uma meta. Com ela você pode produzir conteúdoeducativo, gerar leads e enfim vender. Enfim, antes de concretizar suaproposta, trabalhe uma comunicação multicanal para atingir o cliente em todassuas fases do funil de vendas.

Análise volume xconcorrência

Independentemente se você vai focar suas estratégias paraconseguir tráfego orgânico ou pago, é preciso saber se posicionar.

Empresas com alto investimento no setor de marketing podem gastarparte do seu orçamento até adquirir o aprendizado necessário para ser efetivoem suas estratégias, porém essa não é a realidade da maioria.

Posicionar-se no marketing digital significa escolherpalavras-chave que possuem melhor retorno, mas sem deixar o volume de lado.

Faça sempre essa análise entre volume, concorrência e custo(no caso dos anúncios). Quer saber como? Veja o próximo tópico.

Utilize ferramentasde busca de palavras-chave

As ferramentas de palavras-chave estão aqui para facilitar,e muito, o nosso processo de pesquisa. Conheça algumas delas:

  • Google Keyword Planner – Ferrramenta oferecida para anunciantes do Google Ads, o Keyword Planner é uma ferramenta ideal para analisar volume, concorrência e custo das palavras.
  • Ubersuggest – Também gratuita, a ferramenta disponibilizada pelo Neil Patel, sofre constantes atualizações para cada vez mais entregar dados valiosos aos profissionais que a utilizam.
  • SEMRush – Não só para pesquisa de palavras-chave, o SEMRush é uma das ferramentas de marketing digital mias completas do mercado. Ao pesquisar algum termo nela, além de dados valiosos, ela também oferece uma imensa variedade de palavras relacionadas.

Depois de conhecer melhor as palavras-chave, chegou a horade colocar a mão na massa, concorda?

Por outro lado, se você ainda tiver dúvidas sobre o assunto,fique com nosso artigo completo sobre ferramentasde palavras-chave.